Segmentos de mercado

Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >  Artigos Tcnicos

compartilhe

Caracterizao de empreendimentos envolvidos com produo florestal no-madeireira no bioma Caatinga


Alcioli G. Santos Jr.; Caroline A. Souza


Resumo

A produção florestal não-madeireira ocupa um lugar cada vez mais importante na zona rural do bioma Caatinga. Três fontes de dados existem atualmente a partir das quais foi possível caracterizar o setor: (1) levantamento de dados realizado no quadro do projeto GEF Caatinga; (2) levantamento da Rede Abelha e (3) banco de dados do SIES-MTE. Estima-se um total de 1.177 empreendimentos de PFNM no Nordeste, dos quais 508 no bioma Caatinga. O grupo de apícolas apresenta-se como o mais expressivo quando comparados aos grupos de fibras, madeiras, frutas e medicinais, embora esses últimos apresentem importância significativas. Observou-se uma tendência de especialização em um único grupo de PFNM, mas muitos empreendimentos trabalham com mais de um grupo. Identificou-se o uso várias espécies nativas para a produção dos PFNM, ressaltando o potencial da vegetação para essa atividade produtiva. A preocupação com o abastecimento e o manejo da matéria prima ainda é irrisória e no máximo restrito a algumas poucas técnicas de coleta sustentáveis. Apesar de 65% dos empreendimentos terem sido criados visando a geração de emprego e renda, sua formalização ainda é frágil e ocorreu basicamente nos últimos 10 anos. A estimativa do número de pessoas diretamente envolvidas, a partir dos dados estudados, foi de aproximadamente 23.000 pessoas com predominância de mulheres com exceção para os grupos de cera e apícolas. A comercialização é uma das atividades que necessita maior apoio e profissionalização, predominando ainda a venda local e regional. A renda obtida na produção florestal não-madeireira é muito variável e em média atingiu R$ 280,00 mensais por associado. Considerando a situação sócio-econômica do bioma, conclui-se que o setor de PFNM já representa uma contribuição significativa na geração de emprego e renda e apresenta um potencial para crescimento de forma social, ambiental e economicamente sustentável.


Referência
Santos Jr., A. G.; Souza, C. A. Caracterização de empreendimentos envolvidos com produção florestal não-madeireira no bioma Caatinga.Estatística Florestal da Caatinga. Natal, v. 1., p. 18-32, 2008.


Veja também
Banco de dados sobre produtos florestais não madeireiros - Centro Nordestino de Informações sobre Plantas


Coluna técnica: Avaliação da sustentabilidade no setor florestal