Pgina inicial do IPT   >   Imprensa   >  IPT na mídia



IPT na mdia



compartilhe


  12.07.17

P&D na construo civil


Estudos do IPT de argilas para a produção de cimento são destaque em reportagem da Revista Grandes Construções


A tonalidade avermelhada de muitas argilas pode comprometer a percepção do mercado quanto à qualidade dos cimentos Portland: para solucionar este problema, um estudo do IPT trouxe uma solução para a manutenção da tradicional cor cinza dos cimentos pozolânicos por meio da adição de argila calcinada. O projeto realizado pelo pesquisador Fabiano Ferreira Chotoli, do Laboratório de Materiais de Construção Civil, é um dos destaques da reportagem publicada na seção ‘Concreto Hoje’ da edição de junho da Revista Grandes Construções.

O estudo realizado pelo IPT com a empresa Dynamis Mecânica Aplicada, que teve a colaboração da Cimento Planalto (Ciplan) na fase industrial, trouxe benefícios para o mercado da construção por meio da modificação do processo de calcinação sem alterar o desempenho do produto final.

O segundo estudo destacado na reportagem foi realizado no Mestrado Profissional em Habitação do IPT, com orientação do responsável pelo laboratório do IPT, e teve como objeto de análise a correlação entre a composição mineralógica de diversas argilas utilizadas como pozolana no cimento Portland tipo II e seu impacto nas propriedades mecânicas e reológicas do material em questão.

Importantes para a obtenção de menor permeabilidade em compósitos cimentícios com uso de cimento Portland II-Z, os seis tipos de argila analisados foram selecionadas de diversas regiões do Brasil. Os resultados mostraram que quanto maior o teor de metacaulinita presente nas argilas, maior a atividade pozolânica; em contrapartida, verificou-se que a presença do aditivo na argila aumenta a demanda de água e, consequentemente, reduz a resistência à compressão do cimento.

Leia abaixo a reportagem na íntegra: