Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  11.05.17

Incentivo produtividade


Parceria entre Braskem, Abiplast e IPT promoverá apoio tecnológico às indústrias de plástico


Para o aumento de produtividade e a redução de custos das indústrias de plástico, a Braskem, produtora de resinas termoplásticas, a Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast) e o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) acabam de lançar o programa Fábrica + Produtiva. A Braskem e a Abiplast coordenarão a iniciativa, enquanto o IPT será o executor das ações tecnológicas e de gestão, mediante o Programa de Apoio Tecnológico às MPMEs do governo estadual, e o Sistema Brasileiro de Tecnologia (Sibratec), do governo federal.

O programa está inserido dentro do Plano de Incentivo à Cadeia do Plástico (PICPlast), criado em 2013 pela Braskem e pela Abiplast, para o desenvolvimento de ações estruturais que contribuam com a competitividade e o crescimento da transformação plástica, com base em três pilares:
Projeto-piloto do programa terá início com 10 empresas da Grande São Paulo, selecionadas pela Abiplast
 
aumento da competitividade e inovação do setor de transformação; estímulo às exportações de transformados plásticos e promoção das vantagens do plástico.

Um projeto-piloto do programa terá início com 10 empresas da Grande São Paulo, selecionadas pela associação – a Braskem, além de ser uma das coordenadoras do programa, pagará a contrapartida financeira das empresas. “As atividades previstas para cada empresa incluem mapear o processo produtivo, compreender o fluxo de produção, levantar e obter informações para análise do balanceamento da produção e obter a curva ABC em relação à qualidade dos produtos”, explica a diretora do Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e Pequena Empresa do IPT, Mari Tomita Katayama. “Além disso, as equipes técnicas irão verificar os problemas mais frequentes em termos de perdas, retrabalhos e índice de reclamação, para atuarem nas melhorias em termos de gestão e de ações tecnológicas no processo produtivo”.

O IPT participará do programa com os seus laboratórios móveis para as ações tecnológicas no processo e produto, e contará com o suporte do Instituto Mauá de Tecnologia para as atividades de gestão. A consultoria Innovare, empresa contratada pela Braskem, fará o gerenciamento do programa.