Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  19.05.17

Valorao de tecnologias


Rede Inova SP lança curso online de análise de viabilidade econômica e valoração de tecnologias coordenado pelo IPT


Profissionais que atuam em Núcleos de Inovação Tecnológica (NITs) no Brasil contam agora com um curso online que poderá ser uma ferramenta de apoio aos estudos de viabilidade técnica e econômica de projetos e valoração de tecnologias em universidades e institutos de pesquisa: foi lançado, no dia 12 de maio, um curso à distância de valoração de tecnologias. A realização é do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), em uma parceria com a Rede Inova São Paulo.

O curso é ministrado pelos pesquisadores Yuri Basile Tukoff-Guimarães e Paulo Brito Moreira de Azevedo, da Coordenadoria de Planejamento e Negócios do IPT.
Diversos métodos de valoração de tecnologias que podem ser utilizados pelos núcleos de inovação tecnológica, e a aplicabilidade desse processo em suas atividades, são apresentados no curso por Guimarães (à esquerda) e Azevedo
 
Em cinco videoaulas, com carga horária total de duas horas e meia, apresentam-se diversos métodos de valoração de tecnologias que podem ser utilizados pelos NITs, e a aplicabilidade desse processo em suas atividades. Também é apresentado o modelo de valoração utilizado pelo IPT nas negociações com a indústria. “Na quinta e última aula, o tema é ‘Viabilidade Técnica e Econômica’ e são apresentados os conceitos que servem de base para a valoração de tecnologias”, comenta Brito.

A valoração de uma tecnologia dentro dos núcleos é feita, normalmente, durante o processo de negociação contratual e de termos de exploração comercial de uma tecnologia, com o objetivo de determinar o valor a ser recebido por seu licenciamento ou cessão. Guimarães aponta diferenças entre os conceitos de avaliação, valoração e valorização de tecnologias: “Enquanto a avaliação é uma análise qualitativa das tecnologias, a valoração é a quantificação do valor monetário das tecnologias e a valorização é a busca por meios de se agregar valor às tecnologias”.

Ele explica que os métodos baseados em custo levam em conta os dispêndios efetuados na concepção de uma tecnologia. As abordagens de mercado, como a utilização de padrões de royalties, baseiam-se nos preços de ativos existentes, comparáveis ou similares que já estejam no mercado. Os métodos baseados em renda consideram o potencial de geração de renda, a partir da exploração comercial de uma tecnologia.

PLATAFORMA DE CONHECIMENTO – A plataforma de ensino à distância da Rede Inova São Paulo, uma iniciativa do Projeto Inova Capacita, é aberta e de uso gratuito. São disponibilizados cursos básicos voltados a profissionais e interessados na área de inovação em todo o Brasil.

Além do módulo de Valoração de Tecnologias, também estão no ar cursos de Introdução à Propriedade Intelectual, Modelagem de Negócios, Avaliação de Tecnologias, Estudo de Mercado e Negociação de Contratos. A próxima capacitação a ser lançada terá como tema ‘Comunicação em Núcleos de Inovação Tecnológica’, ministrada pela agência Inova Unicamp.

Mais informações estão disponíveis aqui.