Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  06.02.18

Ferramentas para as cidades


Portal oferecerá atendimentos e tecnologias para gestão e planejamento de políticas públicas dos municípios


A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI) lançou hoje, dia 06 de fevereiro, na sua sede em São Paulo, um portal online contendo duas plataformas, a Pró Municípios desenvolvida pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) e a E-Muove, parceria com a Investe SP e Muove Brasil.

As plataformas estão disponibilizadas em um portal eletrônico com o objetivo de oferecer informações, indicadores, atendimentos e diversas tecnologias voltadas ao apoio, planejamento e gestão de políticas públicas das cidades.

Ao entrar no portal, o usuário terá a opção de conhecer os dois sistemas. De acordo com o vice-governador e secretário da SDECTI, Márcio França, as plataformas serão grandes aliadas no processo de desenvolvimento socioeconômico dos municípios. "Administrar as cidades com recursos enxutos não é uma tarefa simples. Nossa meta é oferecer ao gestor o suporte necessário para a tomada de decisões que contribuam com as políticas públicas e, dessa forma, melhorar a qualidade de vida da população", ressaltou ele. "Temos no estado de São Paulo os melhores técnicos do Brasil, e dos melhores do mundo, em diversas áreas – dentre eles, temos o IPT, que é sinônimo de verdade e símbolo de confiança. Vamos oferecer a competência do IPT para realizar convênios com as prefeituras, que são os maiores clientes do estado de São Paulo". 

O novo portal disponibilizará, além de informações, o suporte técnico e capacitações para a elaboração de ações. A SDECTI contratou o IPT para prestação de serviços, por meio da plataforma, a um grupo piloto de 100 prefeituras nesta primeira etapa.
Cerimônia de lançamento das plataformas: da esq. para dir, Landgraf, França, Donizette e os deputados estaduais Abelardo Camarinha e Caio França
 
A ferramenta tem como objetivo aproximar-se dos gestores de modo descomplicado, capacitar equipes e apoiar iniciativas de planejamento, gestão e políticas públicas.

PROBLEMAS DO DIA A DIA - Segundo os responsáveis pela operação das atividades da plataforma, Tatiana Mestres e Luiz Carlos Tanno, as cidades paulistas enfrentam algumas dificuldades na solução de questões técnicas do dia a dia, como a carência de mão de obra especializada em operações como a elaboração de editais de compras e licitações, ou na resolução de imprevistos estruturais e ambientais, entre outros.

Entre os serviços oferecidos está o ícone 'Consulte o Especialista', no qual cada prefeitura poderá esclarecer dúvidas técnicas e buscar orientações. O início da consulta se dará pelo gestor municipal e demais usuários indicados por meio da plataforma. As consultas para apoio tecnológico serão atendidas pelos pesquisadores do IPT. O acervo de informações técnicas encaminhadas na forma de consultas não será confidencial e poderá ser acessado pelo usuário que aderir ao sistema.

A plataforma oferece também a opção 'Cursos'. Cada prefeitura poderá usufruir de aulas que serão oferecidas na sede do IPT, em São Paulo. Os temas e a agenda serão de responsabilidade do IPT e estarão disponíveis para inscrição na plataforma. Os cursos têm como objetivo o compartilhamento de informações técnicas sobre temas ligados à engenharia e à tecnologia na gestão pública.

Outra iniciativa da ferramenta será disponibilizar relatórios e publicações técnicas. As prefeituras poderão acessar o conteúdo tecnológico dos manuais e de publicações produzidos pelo IPT, além de cópias eletrônicas dos relatórios técnicos emitidos pelo Instituto, nos últimos 10 anos, para prefeituras ou outros órgãos (estaduais ou federais), cujo objeto seja de interesse público e não haja restrição de sigilo ou confidencialidade exigida pelo órgão contratante.

"O IPT pesquisou aspectos dos municípios paulistas e identificou algumas dificuldades nas soluções de problemas técnicos", afirmou Fernando Landgraf, diretor-presidente do IPT, na cerimônia. "Desde que o secretário Marcio França assumiu a SDECTI e passou a participar das reuniões mensais do Conselho de Administração do IPT em janeiro de 2015, houve uma mudança na visão do futuro do trabalho do Instituto com os municípios passando a ter uma presença diferenciada, com maior atenção a eles. Um dos resultados é o lançamento da plataforma".

Para aderir à plataforma, o município deverá preencher o formulário de cadastro e acesso. Para Jonas Donizette, prefeito de Campinas e presidente da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), "o portal é hoje o que existe de mais moderno na parte administrativa: a tecnologia permitirá que uma instituição centenária e respeitada como o IPT nos ajude nos problemas do dia a dia".

FERRAMENTA DE INTELIGÊNCIA - A InvesteSP e a empresa Muove Brasil firmaram uma parceria com o intuito de aplicação da plataforma 'E-Muove' nos 645 municípios paulistas gratuitamente, no período de um ano. A ferramenta de inteligência irá auxiliar gestores públicos e técnicos na promoção do desenvolvimento econômico sustentável de seus municípios. Com a junção entre o conhecimento de especialistas em administração pública e a alta tecnologia em análise de dados, a plataforma irá ajudar na maximização de arrecadação, na otimização de despesas e na qualificação da implementação de políticas públicas. Os municípios terão acesso a informações que irão auxiliar na identificação de ineficiências relacionadas às áreas de educação, saúde e finanças públicas, além de indicadores institucionais e demográficos.

Os representantes da Muove serão responsáveis pela capacitação dos gestores municipais.

 
  • Lançamento das plataformas Pró-Municípios e E-Muove