Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  29.03.18

Proteo contra incndio


IPT participa do lançamento de programa de qualidade para instaladoras de sistemas prediais


O Laboratório de Segurança ao Fogo e a Explosões do IPT é referência nacional na avaliação do desempenho de sistemas de proteção contra incêndio. Após quase 40 anos de experiência em avaliações de diversas instalações do gênero, o laboratório acumulou dados e levantamentos consistentes dos problemas que estas apresentam, evidenciando inúmeras situações de mau desempenho nos edifícios brasileiros.

Por essa razão, a convite da Associação Brasileira pela Conformidade e Eficiência de Instalações - Abrinstal, Antonio Fernando Berto, chefe do laboratório, palestrou sobre o tema no evento de lançamento de programa Building’s Installations Performance (BIP) voltado para as Instalações de Proteção contra Incêndio, ocorrido no campus do IPT.

O Laboratório de Segurança ao Fogo e a Explosões do IPT é referência nacional na avaliação do desempenho de sistemas de proteção contra incêndio
 
A Abrinstal já possuía um programa de qualidade, o Qualinstal, para empresas instaladoras de sistemas prediais, ou seja, instalações de gás, água e eletricidade. Segundo Berto, o projeto evoluiu para o BIP e há a intenção, no momento, de expandir o programa para as instalações de proteção contra incêndio.

De acordo com a Abrinstal, a cadeia da construção civil demanda o aumento do nível de capacitação no setor de instalações prediais para viabilizar a adoção de novos produtos e serviços, trazendo assim uma melhora na satisfação do consumidor final. O diretor executivo da associação, Alberto Fossa, também palestrou no evento e ressaltou a atenção que esses sistemas merecem em função de seus aspectos de segurança e desempenho para o consumidor.

A proposta do BIP é atender às demandas de desempenho do mercado da construção civil através da compatibilização, regulamentações e normas técnicas, garantindo assim a segurança e a conformidade de instalações prediais.