Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  05.01.10

Chuvas de vero


IPT analisa possibilidade de novos desmoronamentos após chuvas que provocaram cheias no rio de São Luiz do Paraitinga


Da Secretaria de Desenvolvimento

O Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT) disponibilizou uma equipe de técnicos para orientar os trabalhos de recuperação do município de São Luiz do Paraitinga, atingido pelas chuvas dos últimos dias, que provocaram cheias no rio Paraitinga, destruindo várias edificações e deixando 399 famílias desabrigadas.
 
Os especialistas do IPT estão avaliando os riscos de desmoronamentos e deslizamentos de terra nas encostas. Na manhã desta segunda-feira, 4 de janeiro, o secretário de Desenvolvimento, Geraldo Alckmin, percorreu as áreas atingidas, ao lado da prefeita Ana Lúcia Bilard Sicherle e de uma equipe de técnicos, chefiada pelo diretor de Operações e Negócios do IPT, Alvaro Abackerli.

De acordo com o secretário de Desenvolvimento, a análise pretende averiguar a condição de estabilidade dos imóveis remanescentes na cidade. “Ainda há riscos de novos desabamentos, por isso o IPT vai avaliar a segurança estrutural das edificações antes da liberação para retorno das famílias”, afirmou.

No último domingo, o governador José Serra esteve no local e sobrevoou de helicóptero a região alagada. O Estado mobilizou cerca de 300 profissionais da Defesa Civil, bombeiros, policiais militares, agentes de saúde e geólogos para auxiliar a população vitimada pelas chuvas no Vale do Paraíba. A força-tarefa conta com 15 viaturas, 11 embarcações, além de equipes do Comando de Policiamento Ambiental, Comando de Policiamento Rodoviário e Comando do Policiamento do Interior-1. Quatro helicópteros - dois da Polícia Militar e dois do Exército - também estão sendo utilizados nos resgates. Os desabrigados estão sendo acolhidos em igrejas, casas de voluntários e pousadas da região.

O governo do Estado está distribuindo cobertores, cestas básicas, medicamentos e material de limpeza aos necessitados, além de água potável e cloro para desinfecção. Foram disponibilizados também caminhões basculantes, pás-carregadeiras e escavadeiras hidráulicas para os trabalhos emergenciais.
Todos os quartéis da Polícia Militar localizados no Estado de São Paulo estão recebendo doações de alimentos não perecíveis, água, roupas, leite de caixinha e colchões. A arrecadação será entregue às famílias prejudicadas.