Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  16.03.16

Chuvas em Mairipor


Equipe técnica do IPT prestou apoio ao Corpo de Bombeiros e à Defesa Civil em atendimento na cidade da Grande São Paulo


Uma equipe da Seção de Investigações, Riscos e Desastres Naturais do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) prestou apoio no último final de semana (11 a 13 de março) na avaliação de uma área atingida por um grande deslizamento na cidade de Mairiporã, na Grande São Paulo, e também realizou uma vistoria de campo em outros locais atingidos pelas fortes chuvas. O IPT tem um contrato com a Defesa Civil de São Paulo desde 2012, o qual inclui trabalhos de assessoria técnica para atendimentos às situações de risco geológico e geotécnico no âmbito do Plano Preventivo de Defesa Civil (PPDC).

A Coordenadoria Estadual de Defesa Civil havia sido comunicada na noite de quinta-feira, 10 de março, pelo Centro de Operações do Corpo de Bombeiros de Mairiporã que uma chuva de forte intensidade e de longa duração tinha atingido o município e provocado um escorregamento de terra.
Apoio ao Corpo de Bombeiros, na avaliação da área atingida pelo deslizamento, foi uma das atividades desempenhadas pela equipe do IPT
 
O desastre acabou por afetar duas residências localizadas no bairro Parque Náutico, causando o desabamento parcial dos imóveis.

“Fui acionado por volta das seis da manhã do dia 11 pelo major Jefferson de Mello, do Corpo de Bombeiros, e em seguida pelo coronel Walter Nyakas Jr, da Defesa Civil de São Paulo. O major estava no local do acidente e sentiu a necessidade de avaliação de especialistas para melhorar a segurança das equipes de busca”, explica o pesquisador do IPT, Marcelo Fischer Gramani. Em função da gravidade e da urgência do caso, um helicóptero Águia da Polícia Militar foi direcionado à Universidade de São Paulo (USP), onde está localizado o campus do Instituto, para transportar a equipe até o local.

A assessoria prestada pelo grupo de quatro geólogos, uma engenheira civil e um tecnólogo do IPT pode ser dividida em duas atividades principais: o apoio ao Corpo de Bombeiros,
Governador Geraldo Alckmin acompanhou os trabalhos do Corpo de Bombeiros e da Defesa Civil
 
na avaliação da área atingida pelo deslizamento, e a vistoria de campo em outras áreas atingidas por deslizamentos em apoio às equipes estadual e municipal da Defesa Civil, pois vários bairros haviam sofrido os impactos das chuvas e não tinham sido avaliados. No primeiro caso, os geólogos permaneceram sem interrupção no monitoramento da encosta a fim de garantir a segurança das equipes de busca; no segundo caso, os profissionais do IPT e da Defesa Civil do município saíram a campo para avaliar outros bairros e, em caso de necessidade, emitir os laudos de interdição.

O IPT está elaborando no momento um relatório, composto de textos e imagens, para registrar todas as informações coletadas durante o atendimento. O documento será entregue primeiramente à Defesa Civil do Estado e em seguida aos interessados, principalmente à prefeitura e à Defesa Civil Municipal, contendo descrições das áreas vistoriadas, relatos das atividades feitas para o Corpo de Bombeiros e recomendações.