Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  16.06.16

Mrito ambiental


Pesquisadora do IPT integra comissão do Prêmio Fiesp de Mérito Ambiental para empresas em várias categorias


A engenheira florestal Ana Paula de Souza Silva, do Centro de Tecnologia de Recursos Florestais do IPT, fez parte da comissão julgadora do 22º Prêmio Fiesp de Mérito Ambiental. O anúncio dos vencedores foi feito em cerimônia no dia 07 de junho, na sede da entidade em São Paulo. Segundo os organizadores, este ano registrou um recorde de inscrições com 56 projetos, dos quais 27 de grande porte, 10 de pequeno porte e 19 na categoria de responsabilidade social, apresentados por 46 empresas.

Ana Paula e o diretor do Departamento de Meio Ambiente da Fiesp, Nelson Pereira dos Reis. Crédito foto: Everton Amaro
 
Segundo Ana Paula, sua função e dos demais representantes institucionais na comissão julgadora foi analisar os projetos inscritos: “Cada participante da comissão analisou 16 projetos em diferentes categorias como ‘Grande Porte’, ‘Pequena e Microempresa’ e ‘Responsabilidade Socioambiental’, esta pela primeira vez”.

Para a pesquisadora que atua na Seção de Sustentabilidade de Recursos Florestais do IPT, a participação na comissão do prêmio da Fiesp é institucionalmente relevante: “Mantive contato com outras instituições, sendo também uma oportunidade para conhecer o que as empresas estão fazendo em termos de melhoria do meio ambiente e sustentabilidade. Foi importante ver o que está sendo priorizado e como as empresas estão inovando a gestão ambiental, além de representar o Instituto neste prêmio da indústria paulista.”

VENCEDORES – O projeto Eficiência Energética, que resultou na redução de consumo nos departamentos de pintura de chassis e dos compressores de ar, deu à Honda o prêmio na categoria ‘Grande Porte’. Na categoria ‘Pequena e Microempresa’, o primeiro lugar foi para a GED – Inovação, Engenharia e Tecnologia, com o projeto Ração Sustem, de produção de rações ecológicas para cães e gatos com restos de camarões da indústria pesqueira.

Na categoria ‘Responsabilidade Social’ foram premiadas as empresas Flamin Mineração, pelo projeto BioleveReciclaPet; COFCO Brasil, pelo Projeto Futuro Mais Verde; Liquigás Distribuidora, pela Campanha Chama Segura; MRV Engenharia e Participações, pelo Projeto Escola Nota 10; e Unilever Brasil, pelos projetos Ciclo Brilhante, Vim para Unicef e Tamu Junto.