Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  14.12.16

Exporta, So Paulo


Prêmio Exporta São Paulo 2016 contempla empresas de destaque no comércio exterior; IPT participa da seleção


A Associação Comercial de São Paulo (ACSP) e a Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp) realizaram na noite de segunda-feira, 12 de dezembro, a cerimônia de entrega do prêmio Exporta São Paulo, contemplando empresas que foram destaques em exportação.

O prêmio é atribuído em diversas categorias. Um dos destaques é o reconhecimento aos empreendimentos empresariais que implantaram adequação de processos ou produtos para vendas fora do Brasil. As indicações nesta categoria são feitas pelo IPT, por meio do seu Programa de Apoio Tecnológico à Exportação – Progex, e na edição de 2016, que é a décima segunda, o prêmio foi concedido à Treetech Sistemas Digitais,
Mari Katayama (ao centro, de preto) e equipe da Treetech na noite da premiação. Crédito foto: Rafael Muner
 
que fabrica equipamentos para sistema de monitoramento online de ativos (transformadores de alta tensão, subestações e motores) e já havia sido premiada em 2012.

As exportações da Treetech no ano de 2015, em comparação com 2014, tiveram um aumento de 51% e o número de países para os quais exportou cresceu de 19 para 24 no mesmo período – os cinco mais significativos foram China, Hong Kong, EUA, Austrália e Coreia do Sul.

Mari Katayama, diretora do Núcleo de Atendimento Tecnológico à Micro e Pequena Empresa do IPT e coordenadora do Progex, acredita que a adequação de produtos viabiliza exportações e contribui para a inserção das empresas no mercado global de maneira competitiva. “Ajudamos empreendedores a superar barreiras não tarifárias impostas pelos países importadores, especialmente as exigências técnicas.”

HISTÓRIA – O prêmio foi criado em 2005 para estimular produtores paulistas a se engajar em operações de exportação e reconhecer seus esforços. O ‘Exporta, São Paulo’ avalia o desempenho de exportadoras de cada uma das 20 regiões administrativas da Facesp, abrangendo assim todo o território paulista. A avaliação leva em conta, além de critérios econômicos, o trabalho das empresas nas áreas de responsabilidade social e ambiental.

O evento tem apoio do Conselho Brasileiro das Empresas Comerciais Importadoras e Exportadoras (Ceciex), Boa Vista SCPC, Agência USP de Inovação e Governo Federal.