Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  19.12.16

Instrumentao virtual


IPT é certificado por organização empresarial global para tornar-se um dos nove centros de calibração do mundo


O diretor de metrologia da National Instruments (NI), engenheiro Jorge Martins, realizou na primeira semana de dezembro uma auditoria técnica no Laboratório de Metrologia Elétrica do Instituto de Pesquisas Tecnológicas. O objetivo da auditoria foi avaliar a capacitação técnica do laboratório do IPT, para atuar em calibração de instrumentos virtuais no Brasil como um ‘NI Certified Calibration Center’.

A NI é uma empresa líder global em instrumentação virtual e soluções para teste, medição e controle de processos. Com 40 anos de atividade no mercado internacional, hoje está presente em mais de 50 países.

Segundo a pesquisadora Rima Yehia, responsável pelo laboratório, a visita técnica configurou a renovação de uma parceria iniciada em 2014.
Iniciativa disponibiliza suporte tecnológico para que empresas nacionais obtenham ganhos de qualidade com calibração certificada de instrumentos industriais
 
A iniciativa disponibiliza suporte tecnológico para que empresas nacionais obtenham ganhos de qualidade com calibração certificada de instrumentos industriais.

“Atenderemos especialmente empresas das indústrias eletroeletrônica e automotiva”, explica Rima. Trata-se da única unidade do gênero na América Latina. Além do Brasil, há laboratórios certificados ‘NI’ atuando na Coreia do Sul, Japão, Estados Unidos, Suécia, Malásia e China, entre outros.

INSTRUMENTAÇÃO VIRTUAL – Um instrumento virtual consiste em um microcomputador comum ou estação de trabalho equipado com software e hardware de baixo custo, como placas plug-in e software de driver que, juntos, desempenham as funções de instrumentos tradicionais de medição. “Os instrumentos virtuais – explica Rima – representam uma mudança fundamental dos tradicionais sistemas de instrumentação centrados em hardware para sistemas centrados em software que exploram os recursos de computação, produtividade, exibição e conectividade de computadores e estações de trabalho populares”.

A instrumentação virtual pode aprimorar processos de medição e automação industrial. Embora o microcomputador e a tecnologia de circuitos integrados tenham experimentado avanços significativos nas últimas duas décadas, é o software que realmente fornece a alavancagem para transformar o hardware em instrumento virtual, proporcionando melhores formas de inovar e reduzindo significativamente os custos. “Com instrumentos virtuais, os engenheiros e cientistas constroem sistemas de medição e automação que atendem exatamente às necessidades definidos pelo usuário, em vez de serem limitados por instrumentos convencionais de função fixa como aqueles definidos pelo fornecedor”, complementa Rima.

Para a calibração e o ajuste de instrumentação virtual, são necessários softwares específicos, padrões de alta exatidão, diversos instrumentos elétricos de medição e conhecimento técnico de todos os aspectos teóricos e práticos da metrologia.