Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  08.05.17

Curso de anlise de gases


Primeira edição do encontro reuniu profissionais da área e pesquisadores do IPT em uma troca de conhecimentos


O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) promoveu, entre os dias 25 e 27 de abril, o 1º Curso de Análise de Gases, organizado pelo Laboratório de Engenharia Térmica e sob a coordenação do pesquisador Renato Vergnhanini.

46 profissionais da área se reuniram para o evento, vindos de nove estados do Brasil – oito deles eram do Ceará. Foram 32 empresas representadas, sendo 28% delas do setor siderúrgico, 26% de geração de energia e 22% de prestação de serviços, entre outras.

Um complemento ao já consolidado Curso de Combustão Industrial, realizado habitualmente nos meses de agosto, este novo encontro aprofunda-se nos estudos específicos de gases envolvidos no processo da combustão.
Michael Downey, representante da Pensalab/Servomex, palestra no evento
 
 São três dias de imersão no assunto, nos quais os participantes têm aulas com pesquisadores do IPT, mas também com líderes de empresas do segmento como fabricantes, revendedores de instrumentos de medição e prestadores de serviços, e aulas práticas complementares.

Empresas do setor como ABB, Sick e Durag Siena aceitaram o convite do Instituto e estiveram presentes, palestrando. Do outro lado do auditório, colaboradores e representantes da Usiminas, Porto do Pecém e AngloAmerican compareceram para aprender e aprimorar seus processos e serviços.

José Alberto Barbosa da Silva, diretor técnico da Engetérmica e representante comercial da Alfa Laval, avalia que o curso foi um bom investimento: “Mesmo com toda a experiência adquirida com a prática de mercado, a partir de agora certamente iremos trabalhar de maneira diferente. Faremos nossos processos com outra visão dos processos térmicos, com domínio dos caminhos corretos de como fazer, atendendo aos parâmetros do Conama 382 ou 436 acerca das emissões de gases. Com este curso, aprendemos e sabemos como medir”.

Um dos palestrantes responsáveis por ensinar como fazer esse processo de medição foi Wagner Branco, fundador da empresa Zetec, que presta consultoria e dá treinamentos na área de engenharia térmica, além de vender analisadores de combustão portáteis. Com experiência de mais de cinco décadas, o profissional foi convidado por Verghanini para o encontro: “Considero uma iniciativa espetacular do IPT procurar integrar tecnologia, operação e conhecimento e passar isso pra frente. Essa iniciativa deve se repetir mais vezes”.

Já Daniel Porto, da Pioneira Metais, veio ao curso a convite da sua fornecedora White Martins, e destaca como ponto positivo a troca de experiências que o curso proporcionou: “Aqui encontramos um grupo muito experiente, de empresas de grande porte. Foi muito proveitoso porque as palestras eram muito práticas, com casos do dia a dia e contato com fornecedores de equipamentos. Elos de pesquisa vão se formar com certeza.”