Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  15.06.18

Na medida certa


IPT e SDECTI oferecem curso para auxiliar prefeituras nas licitações para compra de uniformes escolares


Com o objetivo de tornar a linguagem têxtil mais acessível, auxiliar e orientar funcionários municipais responsáveis pela elaboração de licitações e compras de uniformes escolares, o Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) ofereceu o curso “Uniformes Escolares: características dos materiais, parâmetros de qualidade, segurança e conforto” em 13 de junho.

Entre os problemas mais comuns nas licitações, encontram-se instruções vagas para a confecção do material que possibilitam sua fabricação de modo diferente daquele buscado pelas prefeituras ao realizar a compra
 
O curso tem sua origem no ‘Manual de especificações técnicas para uniformes escolares’, documento com uma série de orientações destinadas a estabelecer parâmetros de qualidade para a produção e aquisição das peças do vestuário escolar, lançado em 2017 pelo Laboratório de Tecnologia Têxtil do IPT. “A ideia das aulas é trazer toda a informação do manual para o público das prefeituras e tornar a linguagem têxtil mais acessível a eles”, explica Rayana Santiago de Queiroz, pesquisadora assistente do Laboratório e instrutora do curso.

Com carga total de oito horas, o conteúdo do curso foi dividido em duas partes. “A primeira etapa foi uma introdução à tecnologia têxtil. Sabemos que as equipes que elaboram esses editais não possuem muitas vezes o conhecimento técnico específico, então buscamos aumentar o entendimento dos termos técnicos usados nesse tipo de documento”, conta Gabriele Paula de Oliveira, também pesquisadora assistente do laboratório.

A segunda parte foi utilizada para responder dúvidas dos participantes a respeito do manual e explicar os critérios válidos nas especificações dos uniformes. Entre os problemas mais comuns nas licitações, encontram-se instruções vagas para a confecção do material que possibilitam sua fabricação de modo diferente daquele buscado pelas prefeituras ao realizar a compra.

Promovido pela Plataforma Pró Municípios do IPT, o curso contou também com um momento para a troca de experiência entre participantes de diversas prefeituras de cidades paulistas, como Jacareí, Garça, Peruíbe, Bertioga, Praia Grande, Tarumã e Carapicuíba. Ferramenta que auxilia gestores públicos com conhecimento técnico em engenharia e tecnologia, a plataforma oferece cursos e apoia o planejamento, a gestão e execução de políticas públicas. A iniciativa é uma parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (SDECTI) do estado de São Paulo.