Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  13.04.10

Alta-ustria focaliza Brasil


Tecnologias inovadoras do IPT despertaram interesse de delegação austríaca. Visita contou com 42 representantes


Delegação da Alta-Áustria visitou o IPT nesta segunda-feira, dia 12, a fim de conhecer as tecnologias inovadoras do Instituto. Composta por 42 representantes do governo e de empresas, institutos de pesquisa, universidades e imprensa desse estado austríaco, a delegação foi chefiada pela secretária de educação, ciência, pesquisa, mulher e juventude, Doris Hummer. A secretária destacou o interesse em criar e fortalecer colaborações com o Brasil na área de ciência e tecnologia.

Recebidos pelo diretor de operações e negócios, Álvaro Abackerli, e pela gerência de relações corporativas do IPT, os austríacos conheceram os segmentos de atuação do Instituto e visitaram as instalações do Centro de Metrologia de Fluidos, que abriga o túnel de vento. O equipamento, capaz de realizar ensaios que garantam a confiabilidade de estruturas e componentes sujeitos a cargas de vento, possui mais de 40 metros de comprimento e recebeu investimento da Petrobras de R$ 3 milhões para sua atualização e instrumentação.

Pesquisadores do Centro de Metrologia de Fluidos recebem delegação austríaca
 


Muitas empresas da Alta-Áustria são grandes exportadoras de energias renováveis, como é o caso da Fröling Heizkessel, especialista em sistemas de aquecimento com biomassa. “É muito importante para a história da Áustria o uso de fontes renováveis de energia. Nosso foco é a biomassa e as energias solar e hidráulica, que permitirão alcançar nossos objetivos a longo prazo”, afirmou Hummer.

Fundos de apoio e o governo do estado da Alta-Áustria investem no desenvolvimento de seus institutos de pesquisa. Um instituto semelhante ao IPT é o UAR – Upper Austrian Research, que faz interface entre universidades e empresas e realiza pesquisas principalmente nas áreas de mecatrônica, bioenergia, plástico e ciências da vida. “Buscamos também colaborações com o governo austríaco e outras entidades. Queremos incentivar grandes projetos em novas tecnologias e aprender com o conhecimento e competência dos pesquisadores brasileiros”, concluiu a secretária.

A delegação austríaca participa de encontros com instituições e associações em São Paulo e no Rio de Janeiro desde o dia 11 de abril, com o apoio do departamento comercial do Consulado Geral da Áustria em São Paulo.