Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  20.07.10

Combustveis sob proteo


Laboratórios do IPT realizam ensaios para novo sistema de vedação em tanques de armazenagem


O Centro de Metrologia de Fluidos (CMF), que abriga o túnel de vento do Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo (IPT), está realizando uma série de ensaios sobre esforços de vento para o projeto de um novo sistema de vedação dos tetos flutuantes dos tanques de armazenagem de combustíveis da Transpetro, empresa de logística e transporte de combustíveis da Petrobras.

Esse novo sistema, denominado pela Transpetro de Câmara GB, é construído com uma membrana têxtil e será o substituto dos atuais domos geodésicos, que são estruturas de alumínio concebidas para prevenir a entrada de água da chuva nos reservatórios e garantir a qualidade dos combustíveis, além de evitar a contaminação do meio ambiente. Segundo estimativas da Transpetro, o sistema tem um custo de apenas 2% do valor do domo e eficiência semelhante, com as vantagens adicionais de instalação em 15 dias – o domo necessita de seis a oito meses para montagem – e durabilidade de cinco a oito anos.

Sistema de vedação dos tetos flutuantes dos tanques de armazenagem de combustíveis é construído com uma membrana têxtil (em azul, na maquete)
 


Para a qualificação tecnológica do sistema, a Transpetro contratou o IPT para executar uma série de ensaios que irão simular a ação do vento sobre a membrana têxtil. Foram construídas três maquetes dos tanques nas escalas 1:24, 1:54 e 1:84, pois estão sendo modelados reservatórios reais com diâmetros de 24, 54 e 84 metros e altura de 14 metros.

Estão em andamento medições nas maquetes com visualização dos campos de velocidade de escoamento do ar, por meio de fumaça e também pelo sistema PIV (ou velocimetria por imagem de partículas), que utiliza técnicas a laser. Os ensaios incluem ainda a medição da pressão em toda a superfície da maquete para determinar a distribuição das forças no teto flutuante e na membrana têxtil. Para isso, foram instaladas de 32 tomadas de pressão entre o costado (parede) e o teto flutuante – os testes serão executados em um único ângulo em razão de o reservatório ser cilíndrico e, portanto, simétrico.
Medições nas maquetes incluem a visualização dos campos de velocidade de escoamento pelo uso de fumaça
 


ENSAIOS EM TÊXTEIS – Simultaneamente com os ensaios realizados no túnel de vento, o Laboratório de Têxteis e Confecções do Centro de Têxteis Técnicos e Manufaturados (CETIM) irá executar ensaios de adequação e avaliação de resistência da membrana têxtil ao envelhecimento e possibilidade de geração de condutividade elétrica, provocada pelo atrito durante as operações do tanque. Assim como os cilindros que representam os tanques estão em escala reduzida, o modelo da membrana a ser ensaiado no túnel de vento foi definido pelo CETIM com material impermeável ao ar e à água, de gramatura semelhante à da membrana real.

A Câmara GB é parte da patente de um sistema que começou a ser desenvolvido por cinco técnicos da Transpetro em 2006. Ele tem previsão de lançamento em outubro na Refinaria de Paulínia, a Replan, quando estarão concluídos os quatro meses de preparação dos modelos, realização dos ensaios, análise dos dados e emissão dos relatórios pelo IPT.