Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  05.07.09

Novos estudos do complexo virio Cebolo


O IPT finalizou um novo estudo que envolve as quatro pontes do complexo viário paulistano conhecido como Cebolão


Outros estudos técnicos já haviam sido realizados em 1991, 1996, 2004 e 2005, encomendados pelo Departamento de Estradas de Rodagem do Estado de São Paulo, o DER.

O complexo viário Cebolão é um elo fundamental entre importantes rodovias brasileiras. É constituído por três pontes que transpõem a confluência entre os rios Tietê e Pinheiros. A quarta ponte transpõe uma das vias da marginal direita do Tietê, ligando-a à Rodovia Castello Branco. Essas pontes, denominadas tecnicamente “obras-de-arte estruturais”, foram construídas em concreto protendido. Juntas elas recebem o maior volume de tráfego do País, superando em número e intensidade de cargas pesadas até mesmo a ponte Rio-Niterói.
Complexo viário Cebolão
 

O estudo recente realizado pelo IPT constituiu-se na inspeção detalhada, monitoramento, definição de reforços e reparos localizados e avaliação da segurança estrutural das quatro obras-de-arte, apresentando diversas recomendações para sua manutenção.

Segundo o pesquisador Eduardo Figueiredo Horta, do Centro de Tecnologia de Obras de Infraestrutura do IPT, o CT-Obras, o estado atual das estruturas do Cebolão não impõe riscos de segurança imediatos. “Mas em termos de riscos relacionados à sua durabilidade e funcionalidade, as estruturas analisadas exigem cuidados importantes para que sua capacidade de suportar cargas não vire objeto de preocupação num futuro próximo. Os cuidados de manutenção corretiva e preventiva são absolutamente necessários. Como os custos de manutenção crescem geometricamente em função do estado de degradação de uma estrutura, a manutenção preventiva é a mais adequada também do ponto de vista econômico.”