Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  28.10.10

Conformidade Ambiental


Pesquisador do laboratório de energia térmica, combustíveis e emissões do IPT participou de evento em Santa Catarina


O SENAI/Blumenau (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial) promoveu nos dias 28 e 29 de outubro o IV Workshop de Conformidade Ambiental para a Indústria Catarinense. O evento discutiu a importância do alinhamento das empresas com a legislação ambiental e com o atendimento às exigências do mercado. Renato Vergnhanini, pesquisador do Laboratório de energia térmica, motores, combustíveis e emissões do Centro de tecnologias ambientais e energéticas (Cetae) do IPT, apresentou às 19:30h a palestra "poluição atmosférica por processos industriais de combustão".

No evento, o pesquisador enfatizou sua experiência na realização de trabalhos em caldeiras e fornos industriais e a possibilidade de reduzir substancialmente a emissão de poluentes atmosféricos atuando-se apenas nas condições operacionais desses equipamentos. "Só após isso, não se conseguindo atingir os níveis de emissão desejados, é que medidas de maior monta (custo, prazo) devem ser empregadas como, por exemplo, modificações nos equipamentos e instalação de sistemas de limpeza de gases", afirmou Renato.
Objetivo do evento é trazer para o meio industrial informações sobre sustentabilidade ambiental
 

A intenção do workshop de conformidade ambiental para a indústria catarinense foi trazer informações atualizadas para o meio industrial e contribuir para a sustentabilidade ambiental. Temas como legislação, redução da emissão atmosférica e passivos ambientais serão tratados no encontro. O evento contou ainda com minicursos sobre eficiência energética, tratamento de efluentes industriais e análise laboratorial de águas e efluentes, com especialistas do SENAI ou convidados nacionais.

"O evento sensibilizou a classe industrial e a sociedade em geral sobre esse movimento que cresce na questão ambiental, com fins esclarecedores e educativos", ressaltou Jacir Lenzi, diretor da unidade do SENAI em Blumenau.

Para ampliar a atuação na área, o SENAI/SC fechou parceria com a Universidade de Stuttgart e a partir deste ano dará consultoria ambiental em conjunto com a instituição alemã. Dez empresas nas áreas de têxtil, metalmecânica e de aterro industrial do Vale do Itajaí participam da primeira etapa dos trabalhos com a instituição alemã. Estão sendo implantadas melhorias nas áreas de matriz energética, redução de resíduos sólidos, reciclagem de água, remoção de cor e redução de custos com tratamento de efluentes, entre outros.

Acesse a programação do evento aqui

Com informações do SENAI