Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  10.11.10

Tecnologias mais verdes


General Electric e IPT assinam protocolo de intenções com chegada do quinto centro de pesquisas global ao Brasil


Fonte: GE

A General Electric (GE) Global Research e o Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo (IPT) formalizaram na manhã desta quarta-feira, dez de novembro, uma parceria para compartilhar expertise em alta tecnologia e, em conjunto, estabelecerem pesquisas em áreas-chave para o desenvolvimento da ciência e indústria no Brasil. O anúncio foi feito durante a cerimônia de lançamento oficial da escolha do Rio de Janeiro para sediar o quinto centro de pesquisas global da GE no mundo, que será na Ilha do Bom Jesus da Coluna (atualmente incorporada por aterro à Ilha do Fundão).

O acordo entre o Instituto e a GE tem como objetivo intensificar o conhecimento em alta tecnologia que as duas instituições possuem, alavancando o incentivo à inovação e ao desenvolvimento de tecnologias sustentáveis. O acordo prevê identificar a aplicação de processos ou experiências que possam ser utilizadas no aprimoramento de soluções nas áreas de bionanotecnologia, bioenergia, óleo e gás e suporte em P&D.

João Fernando Gomes de Oliveira (à esq.) e Kenneth Herd, líder do Centro de Pesquisas Global da GE no Brasil, na assinatura do acordo
 


“É de extrema importância para a GE assinar este termo de cooperação com o IPT, pois pretendemos promover o intercâmbio tecnológico, potencializando nossas pesquisas e localizando cada vez mais as inovações da empresa. Queremos transformar o nosso centro de pesquisas do Brasil em um instrumento de soluções para os clientes no país e na América Latina”, afirmou Kenneth Herd, líder do Centro de Pesquisas Global da GE no Brasil.

O acordo estabelece que as empresas poderão participar ou promover conjuntamente, por meio de projetos em pesquisas, o intercâmbio de pesquisadores, conexões com universidades e outras atividades de mútuo interesse. O foco do IPT e da GE, neste primeiro momento, será o preenchimento dos gargalos locais em infraestrutura, colaborando para suprir as necessidades do Brasil.

“O IPT tem um forte componente de atendimento às demandas tecnológicas locais. O acordo estimula a estrutura de pesquisa e desenvolvimento, ampliando os serviços com alto conteúdo tecnológico e aprofundando o trabalho na busca de soluções altamente qualificadas que contribuam para as necessidades que o país apresenta”, concluiu João Fernando Gomes de Oliveira, diretor-presidente do IPT.

O centro de pesquisas tem sido o centro de criação de novas tecnologias da GE globalmente por mais de 100 anos, e vem colaborando para o desenvolvimento de soluções em áreas como diagnóstico por imagem, geração de energia e diversificação da matriz energética, novas tecnologias para turbinas de aeronaves, transporte e iluminação. A instalação de um projeto deste porte no Brasil, além de reforçar o compromisso da empresa localmente, estabelece um novo marco para a qualificação de talentos e o posicionamento do Brasil como plataforma de exportação de tecnologia de ponta entre todos os países da América Latina.

Veja abaixo a repercussão do evento na mídia:

Canal Energia
http://www.canalenergia.com.br/zpublisher/materias/PeD_e_Tecnologia.asp?id=80389

Agência Estado
http://economia.estadao.com.br/noticias/not_42785.htm

Portal Fator
http://www.revistafator.com.br/ver_noticia.php?not=136999