Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  23.11.10

Delegao chinesa


Representantes do governo, universidade e empresas de metalurgia e biotecnologia da China visitaram o IPT


Empreendimento em Yunnan para pesquisas com alumínio
 

No dia 3 de novembro missão da província chinesa de Yunnan visitou o IPT com o objetivo de identificar projetos com caráter de cooperação. Responsáveis por planejar e buscar ações para financiamento na área de Ciência e Tecnologia, os visitantes conheceram o Centro de Engenharia Naval e Oceânica (CNaval) e o Centro de Tecnologia de Processos e Produtos (CTPP) do IPT, incluindo o Laboratório de Metalurgia e Materiais Cerâmicos.

As pesquisas de silício grau solar, metalurgia, gaseificação de biomassa (os chineses já realizam gaseificação de biomassa de papel), bioenergia e biocombustíveis foram consideradas estratégicas. Long Jiang, diretor-geral do departamento de C&T da província de Yunnan, vê perspectivas de parceria com o Instituto. Ele destacou uma iniciativa chinesa focada em metalurgia (Cymco) que integra indústria química, processamento metálico, exploração geológica, pesquisa científica, construção civil e outras áreas com cerca de 20 mil funcionários.
A empresa metalúrgica de Yunnan (Cymco) é considerada uma das 500 maiores empresas da China
 

Yunnan ocupa um território de 390 mil quilômetros quadrados na divisa com o Vietnã, Laos e Mianmar. É considerada a maior produtora de cana-de-açúcar e derivados da China, e visa produzir 500 mil toneladas de biodiesel por ano até 2015, de acordo com um plano de desenvolvimento divulgado pelo governo provincial em 2009. A China tem grandes perspectivas para a indústria de energias alternativas, principalmente com os biocombustíveis.

“Temos o interesse em cooperar com aspectos técnicos e de gestão tecnológica”, afirmou o diretor de inovação do IPT, Fernando Landgraf. O gerente de relações corporativas, Eduardo Valle, falou da necessidade de se ampliar as relações do Instituto com organizações de outros países para criar novas possibilidades de negócios.