Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  24.11.10

Visita espanhola


Missão tecnológica da Galícia conhece centro do IPT dedicado à tecnologia da informação e comunicações


Uma comitiva de sete empresários espanhóis conheceu na manhã de terça-feira, 23 de novembro, as competências do Centro de Tecnologia da Informação, Automação e Mobilidade, o CIAM do IPT. A missão da Asociación de Empresas Gallegas Adicadas a Internet e as Novas Tecnoloxías, a Eganet, está buscando no Brasil o intercâmbio de competências com centros e parques de excelência dentro do setor de Tecnologia da Informação e Comunicações (TIC).

Criada em 2000, a Eganet é uma associação de 60 empresas da região da Galícia com foco em cinco áreas de negócios: Internet e meios online; comunicação interativa em novos meios; consultoria em TIC; conectividade e integração de sistemas e desenvolvimento de software. Os empresários que estiveram no Instituto tiveram a oportunidade de conhecer as áreas de negócios do CIAM, os principais clientes e parceiros e também os projetos de pesquisa e desenvolvimento na Europa que contam com a participação do IPT, como a rede multidisciplinar MyFire que estuda a Internet do futuro.

Empresários da Espanha e pesquisadores do IPT discutiram oportunidades de parceria
 


Os pesquisadores do CIAM também tiveram a chance de conhecer projetos nos quais há a presença de empresas que compõem a associação, como o mCardio, do qual faz parte a ImaxDI. Trata-se de um projeto voltado ao desenvolvimento de um sistema integrado de monitoração cardíaca que aproveite comunicações móveis como GSM e GPRS para o envio de sinais biomédicos, vídeo e voz em ambulâncias. O objetivo é garantir a qualidade da transmissão e selecionar a melhor rede disponível para a transmissão dos dados.

O depósito de patentes nas parcerias entre empresas, universidades e institutos de pesquisas, o financiamento de pesquisas e as diferenças em acordos firmados no Brasil e na Europa foram os principais temas debatidos entre os pesquisadores brasileiros e a comitiva espanhola. Segundo o presidente da associação, Victor López, a visita de cinco dias ao país tem como objetivos o desenvolvimento de tecnologias com instituições do Brasil e a busca de parceiros para inserção das soluções espanholas no mercado nacional.