Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  26.11.10

Intercmbio Brasil-Alemanha


Visita da nova presidente do DAAD reforça laços da parceria entre IPT e instituições alemãs de ensino


Atualizar conhecimentos sobre o país, prospectar parcerias de trabalho e conhecer as demandas do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) foram os objetivos da primeira visita ao Brasil de Sabine Kunst, a nova presidente do Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico, o DAAD. A associação sem fins lucrativos tem 231 instituições de ensino superior como membros, e é responsável pelo subsídio anual a cerca de 40 mil alemães e 27 mil estrangeiros por meio de mais de 200 programas de bolsas.

A nova presidente foi recebida no IPT na manhã de quarta-feira, 24 de novembro, pelo diretor de Inovação, Fernando Landgraf, que iniciou sua apresentação falando sobre os laços estreitos entre a instituição e a Alemanha. O fato pode ser comprovado pela significativa parcela (um terço) de pesquisadores que viajaram ou ainda estão em instituições alemãs por meio do Programa de Desenvolvimento e Capacitação no Exterior (PDCE) e também pela abertura em 2009 de um escritório do Fraunhofer no Instituto.

Landgraf explicou à nova presidente e aos componentes da comitiva a modernização nos últimos dez anos em universidades e institutos de pesquisa brasileiros, em grande parte como resultado da obrigatoriedade legal de investimentos das empresas em ações de P&D. Foram discutidas ainda as quatro atuais prioridades em pesquisa aplicada no IPT, que são o pré-sal, meio ambiente, infraestrutura e bionanotecnologia.

Carlos Daher Padovezi (à esq.) recebeu a comitiva da Alemanha no CNaval
 


As principais questões levantadas pela comitiva alemã foram as demandas industriais em P&D para o Instituto, as diferenças nas parcerias com universidades brasileiras e estrangeiras e a propriedade das patentes em projetos executados entre IPT e empresas. Sabine, que também é reitora da Universidade de Potsdam, mostrou interesse em saber o interesse dos profissionais brasileiros na execução de pesquisa aplicada, em comparação à pesquisa básica. Ao final da reunião, a comitiva conheceu as instalações do Centro de Engenharia Naval e Oceânica, o CNaval, e foi recebida pelo seu diretor, Carlos Daher Padovezi.

Participaram também do encontro, pelo IPT, a diretora do Centro de Tecnologia de Processos e Produtos, Maria Filomena de Andrade Rodrigues, e a responsável pelo escritório do Fraunhofer no Instituto, Cornelia Huelsz Müller. Acompanharam a nova presidente o diretor do DAAD no Brasil, Christian Müller, e o estudante de engenharia Philipp Kunst.