Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  16.12.10

Governo anuncia investimento


Em visita ao IPT, governador Alberto Goldman afirma que Instituto receberá R$ 50 milhões em 2011


O governador Alberto Goldman anunciou nesta quinta-feira, 16 de dezembro, durante evento de inauguração de novos laboratórios no Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), que o Governo do Estado investirá R$ 50 milhões no Instituto no próximo ano, dando continuidade ao programa de modernização do IPT, que começou em 2008 e que já alavancou R$ 180 milhões em investimentos – R$ 100 milhões do governo do Estado e R$ 80 milhões de parceiros como Petrobras, FINEP e Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

“O IPT de hoje é muito diferente do que foi”, afirmou o governador, referindo-se à estratégia da atual diretoria executiva de valorizar o a produção do conhecimento dentro do Instituto. Goldman foi presidente do Conselho de Administração do IPT durante a gestão do governador José Serra e, por isso, foi um dos líderes do projeto de modernização do IPT, já em 2007. Dessa forma, no evento de hoje, ele fez um balanço dos primeiros três anos do projeto. "À frente da Secretaria de Desenvolvimento participei desde o primeiro momento, vi e vivi uma série de mudanças no IPT. Este momento realmente me emocionou".

Goldman: governo do Estado investirá R$ 50 milhões no IPT em 2011 - Foto: Milton Michida
 


Ao descerrar a placa de inauguração do novo Laboratório de Vazão de Óleo do IPT, que será um importante instrumento para que a indústria do petróleo no país tenha medições de produção mais confiáveis, o governador disse que “o laboratório é importante para as empresas saberem a vazão de óleo que têm, como é importante para os estados e municípios saberem, pois eles recebem royalties provenientes disso”.

“Teremos um dos melhores laboratórios de vazão de óleo e gás no mundo”, afirmou Carlos Tadeu da Costa Fraga, gerente do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento da Petrobras (Cenpes), destacando que não há laboratório similar no hemisfério sul. Fraga também disse que o laboratório adquire ainda mais importância diante do fato de o Brasil ser hoje considerado um país inovador no mundo em geração de energia.

Além das inaugurações, hoje também foi anunciada a aprovação pela Secretaria de Desenvolvimento de projeto para viabilizar um investimento de R$ 80 milhões no projeto do Centro de Desenvolvimento de Gaseificação de Biomassa (CDGB), no Parque Tecnológico de Piracicaba (SP). Esse Centro abrigará uma planta-piloto que desenvolverá a tecnologia de gaseificação do bagaço de cana, também conhecido como etanol de segunda geração.

“O modelo desse projeto muda a lógica de se fazer pesquisa no país”, afirmou o Secretário de Desenvolvimento do Estado, Luciano de Almeida.
Descerramento da placa do prédio de ensaios de estruturas pesadas - da esq. para a dir, Goldman, Fraga, Afif, Almeida e Oliveira
 
Ele se referia ao esforço que foi feito para o desenvolvimento do projeto nos últimos dois anos, cujo maior desafio foi integrar universidades, instituições públicas e iniciativa privada em torno de seus objetivos. Esse projeto deverá duplicar o potencial energético da cana-de-açúcar, sem aumento das áreas plantadas.

O evento no IPT contou com a participação do vice-governador eleito, Guilherme Afif Domingos, que também será Secretário do Desenvolvimento na próxima gestão. Para Afif, é importante o desenvolvimento da indústria, promovendo a sustentação da economia e do emprego. Ele acredita que a tecnologia tem importância fundamental para alcançar esses objetivos.

O diretor-presidente do IPT, João Fernando Gomes de Oliveira, também fez um balanço dos investimentos na modernização do Instituto e adiantou que em breve será inaugurado um laboratório com simulador solar, que será uma importante ferramenta para o desenvolvimento de aquecedores solares e sistemas de geração de energia com base em células fotovoltaicas.