Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  11.05.11

Chaves tecnolgicas


IPT apresenta na Alemanha pesquisas com base em nanotecnologia estratégicas para saúde e micromanufatura


Pesquisadores do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) participaram, no início de abril, da Hannover Messe 2011, em Hannover, Alemanha, para apresentar aos profissionais de vários países pesquisas de ponta realizadas no Brasil. A área de bionanotecnologia foi apresentada por Maria Filomena Rodrigues, diretora do Centro de Tecnologia de Processos e Produtos (CTPP). Na área de nanotecnologia, as capacitações do IPT em micromanufatura, metrologia de microprecisão e metrotomografia de raios-X foram demonstradas por Crhistian Baldo, diretor do Centro de Metrologia Mecânica e Elétrica (CME).

Os especialistas fizeram parte de uma comissão de representantes de grandes instituições, formada com apoio da Associação de Engenheiros Brasil-Alemanha (VDI) que, a convite da ministra alemã da educação e pesquisa, Annete Schavan, teve a oportunidade de conhecer o potencial de investigação e tecnologia na Alemanha e apresentar projetos que valorizam a inovação no Brasil.

Na área de bionanotecnologia, o IPT está construindo um novo prédio destinado ao estudo de biotecnologia (desenvolvimento com organismos vivos), tecnologia de partículas (microencapsulação de componentes químicos e terapia medicinal, como em cosméticos) e micromanufatura de equipamentos e metrologia. Segundo Baldo, “seremos os pioneiros no Brasil nas áreas de micromanufatura e metrologia diomensional de precisão, e com boas expectativas de atuarmos mais próximos de um ambiente de pesquisa tecnológica, com forte interação com a indústria”. Filomena destacou em sua palestra métodos inovadores para nanopartículas; a geração de um sistema nanocarreador que conduz o fármaco dentro do corpo até o local da ação para tratamento de câncer de pele e o projeto de nanoprata para dispositivos médicos, que tem como função inibir infecções hospitalares. “São projetos de alta tecnologia, capazes de colaborar com a inserção do Brasil mundialmente”, afirma.

 
  • Pesquisadores participam de evento internacional
 

O ministro de Ciência e Tecnologia, Aloizio Mercadante, participou do encerramento do Ano Brasil-Alemanha de Ciência, Tecnologia e Inovação, no dia 04 de abril em Hannover, e ressaltou a importância dessa parceria bilateral. “Essa cooperação tem sido muito bem sucedida e contribui para aumentar a colaboração cultural, científica e tecnológica entre nossos países”. Na ocasião, o simpósio “Inovação através da cooperação – Fraunhofer e o Brasil” proporcionou aos participantes conhecer projetos desenvolvidos em parceria pelos dois países. “O intuito foi dar uma visão panorâmica sobre a atual cooperação”, afirmou Cornelia Huelsz Müller, representante de três institutos Fraunhofer (EMFT/IGB/IZFP) no IPT.

Para o Fraunhofer, o Brasil é um dos mais importantes mercados, principalmente por possuir recursos e conhecimentos em áreas de atuação do instituto alemão, como energias renováveis. “O Brasil está no caminho certo e, a cada dia, mostra que quer acompanhar as tendências mundiais”, disse Cornelia. No evento foi citada a 1ª Jornada IPT-Fraunhofer, que aconteceu em março em São Paulo. As apresentações e outros materiais do evento estão disponíveis aqui.

A Hannover Messe aconteceu do dia 04 ao dia 08 de abril e contou com a participação de 6500 empresas, de 65 países e mais de 230 mil visitantes. O evento é considerado uma grande plataforma no mundo para transferência de tecnologia e conhecimento.

Fotos: Gerhard Ett, Electrocell