Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  16.02.12

Prmio para projeto TI


Equipe do IPT recebe Prêmio TI & Governo com sistema de sorteio eletrônico de casas desenvolvido para Mato Grosso


Nesta quarta-feira, 15 de fevereiro, o responsável pelo projeto ‘Sorteio Eletrônico - Agilidade, Confiabilidade e Transparência na Distribuição de Casas Populares do Programa Minha Casa Minha Vida em Mato Grosso’ recebeu pelo IPT o Prêmio TI & Governo. Alessandro Santiago, pesquisador do Centro de Tecnologia da Informação, Automação e Mobilidade (Ciam), foi contemplado e teve publicação no ‘Anuário TI & Governo 2011', lançado pela Plano Editorial.

O projeto foi elaborado para sortear 326 casas em Mato Grosso para 10 mil inscritos do programa Minha Casa Minha Vida, do Governo Federal. Segundo Santiago, pelos meios tradicionais, um sorteio desse tipo demoraria no mínimo quatro horas, no entanto, a metodologia aplicada pelo IPT sorteia 1,5 milhões de prêmios em apenas seis segundos pelo computador, abrangendo mais de 60 milhões de bilhetes.

Alessandro Santiago (à dir.) recebe o prêmio de Wilson Moherdaui, diretor editorial da Plano Editorial
 
Segundo o pesquisador Antonio Carlos Oliveira Amorim, o software tem capacidade para distribuir até oito milhões de contemplados em um universo máximo de 100 milhões de inscritos. “Nesse caso, o computador levaria dois minutos para rodar esse sorteio”, afirma. Amorim também diz que essa capacidade considera a plataforma de 32 bits e que ela pode ser ampliada com um computador de 64 bits. “Em medições feitas em laboratório, concluímos que esse sistema é pelo menos oito vezes mais eficiente do que sistemas com algoritmos comuns”, afirma.

O Sistema eletrônico conta com elaboração de algarismos de diferentes qualidades, garantindo um sorteio sem falhas. Não há possibilidade de resultados viciados porque o sistema trabalha com uma chave de 16 dígitos, chamada ‘semente’, inserida no software antes da distribuição aleatória dos dados. “Essa chave garante a segurança do sistema, impedindo a previsibilidade de resultados em diferentes processos”, afirma Santiago.

Santiago enfatiza o apoio da direção do IPT, dos profissionais de sua unidade técnica e de outras áreas, demonstrando a força da multidisciplinaridade das equipes do Instituto: “Conseguimos o reconhecimento de um bom trabalho realizado.” Para a diretora do Ciam, Maria Rosilene Ferreira, foi muito importante a contribuição do Instituto para a integridade do processo no Mato Grosso. “Sorteio é aleatório, por isso a participação do IPT, até no dia da apuração pública, contribuiu para que houvesse credibilidade e isenção. A tecnologia colocada a serviço da cidadania assegurou direitos iguais para todos os participantes.”

O sorteio foi realizado na Praça das Bandeiras, em Cuiabá, acompanhado por cerca de três mil pessoas. O sucesso em Mato Grosso chamou a atenção de outro município paulista que tem o mesmo problema e enviou representantes ao órgão para assistir a uma demonstração. 

PRÊMIO TI & GOVERNO – Todo ano são premiados os projetos pelas quais instituições de governo melhoraram serviços prestados à população. Com o objetivo das melhores iniciativas de governo eletrônico no Brasil ser divulgadas, os projetos foram escolhidos por sua relevância social e por seu caráter inovador.

Os projetos foram classificados em três categorias: “e-Administração Pública”, “e-Serviços Públicos” e “e-Democracia”. Na avaliação foram levados em conta critérios como inovação, relevância social e envolvimento de recursos humanos.