Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  13.04.12

Segurana ao fogo em navios


Marinha do Brasil reconhece competência de laboratório do IPT para integrar rede internacional de testes


A Marinha do Brasil, por meio de sua Diretoria de Portos e Costas, divulgou em edição do final de 2011 do boletim “Informativo Marítimo” o reconhecimento do Laboratório de Segurança ao Fogo do Centro Tecnológico do Ambiente Construído do IPT, o Cetac, para integrar a rede mundial de testes da International Maritime Organization, a IMO, sediada em Londres.

O Código Internacional para o Uso de Procedimentos de Testes de Incêndio, conhecido mundialmente como FTP Code, da IMO, prevê que laboratórios credenciados pela autoridade marítima em diversos países realizem ensaios de reação e resistência ao fogo em portas, anteparas e coberturas de convés, entre outros itens das embarcações. A medida atende aos requisitos da chamada Convenção Solas, a Convenção Internacional para Salvaguarda da Vida Humana no Mar.

ensaio de propagação de chamas em material de revestimento naval
 
O reconhecimento do laboratório do IPT pela Marinha do Brasil foi formalizado pela Portaria número 229 da Diretoria de Portos e Costas, de 9 de novembro de 2011. Estão previstos testes de não-combustibilidade, fumaça, toxicidade, divisórias de diversas classes, sistemas de controle, portas corta-fogo, flamabilidade de superfícies, coberturas primárias de convés, mobília estofada e componentes de roupas de cama.

Segundo o diretor do Cetac, Fulvio Vittorino, o novo reconhecimento proporcionará uma visibilidade global para a unidade técnica do IPT: “Passamos por auditoria técnica em diversas instâncias da Marinha brasileira e não tivemos pendências. Em breve, o Laboratório de Segurança ao Fogo deverá constar na lista das unidades reconhecidas pela IMO.”