Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  14.12.12

Madeira e mvel


Começou ontem e vai até 13 de janeiro em São Paulo exposição de mobiliário no Museu da Casa Brasileira, com apoio do IPT


Começou ontem, dia 13 de dezembro, a exposição “Madeira e Móvel: um Olhar sobre a Coleção MCB”, o Museu da Casa Brasileira. Segundo os organizadores, a seleção de peças do acervo do museu foi feita com o objetivo de explorar as relações entre o material madeira e as soluções técnicas empregadas na produção de peças representativas do mobiliário brasileiro. O evento conta com o apoio institucional do IPT, pelo viés tecnológico do Centro de Tecnologia de Produtos Florestais, o CT-Floresta. Suas equipes de pesquisas atuam há várias décadas no desenvolvimento de tecnologias e usos sustentáveis da madeira em setores como o do mobiliário. Conta também com o apoio do Governo de São Paulo, por meio da Secretaria da Cultura.

Destacam-se nesta exposição os elementos construtivos e decorativos das peças produzidas entre os séculos 18 e 21. Também são exibidas ferramentas ligadas ao ofício da madeira, moldes de encaixes e espécies de árvores utilizadas à época na produção de móveis.
Namoradeira Tapirapá presente na exposição - incorporando técnicas de confecção de canoas que aprendeu com os índios Pataxó no sul da Bahia, o designer Hugo França transforma troncos e raízes de pequi, que foram abandonados em zonas de pastagem, em peças únicas; a forma de cada tronco ou raiz orienta o formato e a função da peça.
 
Fazem parte desta exposição o tamborete redondo, que mostra o saber intuitivo da creiatividade popular, que atende as necessidades cotidianas. Num contraponto, também integra a mostra o banco mocho, do renomado designer Sérgio Rodrigues, numa interpretação livre do banquinho usado pelo homem do campo na ordenha do gado.

“A mostra ajuda a entender como os ofícios tradicionais da madeira continuam fazendo parte da produção contemporânea de mobiliário por meio de valores como originalidade, simplicidade e objetividade. Estes são perseguidos pela indústria e inspiram designers no desenvolvimento de seus trabalhos, incorporando conceitos, técnicas construtivas ou até mesmo de formas empregadas na construção de móveis e utensílios populares”, informa a organização.

SERVIÇO – O endereço do Museu da Casa Brasileira é avenida Faria Lima, 2705, São Paulo, capital. Os telefones são (11) 3032.3727 e 3032.2564 (visitas monitoradas). O MCB funciona de terça a domingo, das 10h às 18h. Para mais informações, acesse: http://www.mcb.org.br. A mostra estará aberta à visitação pública até o próximo dia 13 de janeiro.