Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  23.05.13

Impacto de vizinhana


IPT contribui em debate sobre estudo de impacto de vizinhança e qualidade de vida em São Paulo


No próximo dia 28 de maio, a partir das 19 horas, realiza-se no auditório do Sindicato dos Engenheiros do Estado de São Paulo (Rua Genebra, 15 – Centro) o ‘Ciclo de Diálogos e Debates com a Sociedade Civil sobre Temas Urbanos e a Revisão do Plano Diretor de São Paulo’. O evento, promovido pelo Fórum Suprapartidário por uma São Paulo Saudável e Sustentável, irá discutir o tema ‘Estudo de Impacto de Vizinhança e a Qualidade de Vida da População da Cidade de São Paulo’.

Controle do impacto de empreendimentos que comprometem a qualidade de vida dos paulistanos será um dos temas discutidos no evento
 
É o segundo evento do Fórum que conta com a participação do IPT. O primeiro, sobre “Áreas de risco, desastres e carta geotécnica”, contou com as participações dos pesquisadores Eduardo Macedo e Omar Bitar, do Centro de Tecnologias Ambientais e Energéticas. Nesta nova edição o pesquisador Fulvio Vittorino, diretor do Centro Tecnológico do Ambiente Construído, apresentará e debaterá o tema “Impacto de Vizinhança e Mapeamento da Paisagem Sonora da Cidade de São Paulo”.

Segundo Ros Mari Zenha, pesquisadora e presidente do Conselho de Representantes dos Empregados do IPT, este momento é importante para o debate: “A sociedade civil discute o novo Plano Diretor da Cidade de São Paulo, e um desafio que se coloca é o de aperfeiçoar os instrumentos previstos no Estatuto da Cidade, dentre eles o ‘EIV - Estudo de Impacto de Vizinhança’, para controlar o impacto de empreendimentos que comprometem a qualidade de vida dos paulistanos.

"Também existe um projeto de lei em tramitação na Câmara, cujo relator será o vereador Nabil Bonduki (PT). Além disso, a Comissão de Política Urbana, Metropolitana e Meio Ambiente, presidida pelo vereador Andrea Matarazzo (PSDB), destaca que São Paulo não tem uma política pública para ruídos – a legislação municipal é defasada e o Programa de Silêncio Urbano (Psiu), que é de 1994, foi modificado em 2002, mas necessita de atualização.”

Confira a programação:

18h50 - Abertura

19h00/19h30 - Análise do conteúdo do EIV e dificuldades de implementação
Arquiteta Patricia Maroja Barata Chamié (mestre em planejamento urbano pela FAU/USP).

19h30/20h00 - Impacto de Vizinhança e Mapeamento da Paisagem Sonora da Cidade de São Paulo
Engenheiro Fúlvio Vittorino (pesquisador e diretor do IPT).

20h00/20h30 - Estudo de Impacto de Vizinhança e a atuação da Promotoria de Justiça de Habitação e Urbanismo do Ministério Público
Promotor Dr. José Carlos de Freitas (PJHUMP).

20h30/21h00 - Regulamentação do EIV na Câmara Municipal de São Paulo
Vereador Nabil Bonduki (relator do projeto de lei em tramitação na Câmara).

21h00/22h00 - Debate