Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  12.06.13

Engenharia eltrica em livro


Obra clássica para o ensino da engenharia escrita por ex-estagiário do IPT será relançada em 14 de junho


Professor emérito da Escola Politécnica da Universidade de São Paulo e estagiário do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) na década de 1940, o engenheiro mecânico eletricista Rubens Guedes Jordão terá relançada uma de suas principais obras na sexta-feira, 14 de junho. O livro ‘Máquinas Síncronas’ é uma obra de referência na área de máquinas elétricas em língua portuguesa e foi vencedor da 23ª edição do Prêmio Jabuti na categoria Tecnologia em 1981.

Equipe do IPT no voo inaugural do modelo Planalto em 1942
 
Hoje com 94 anos, Jordão foi estagiário na Seção de Aeronáutica do IPT nos anos de 1942 e 1943 e colaborou na realização de projetos e ensaios de aeronaves construídas pelo Instituto sob a coordenação do engenheiro Frederico Abranches Brotero. “Penso que o IPT foi pioneiro no Brasil na construção de aviões de madeira, em substituição aos de tela, próprios da época, graças à tecnologia desenvolvida em sua seção de madeiras”, afirmava ele em entrevista no ano de 1982.

“O livro lembra o estilo da lousa do Prof. Jordão, sempre claro, didático e com figuras bem expressivas – e isso para um conteúdo difícil, que são campos girantes em máquinas elétricas e enrolamentos imbricados em máquinas de corrente contínua”, lembra o responsável pelo Laboratório de Equipamentos Elétricos e Ópticos do IPT, Mario Leite Pereira Filho. O pesquisador cursou duas disciplinas na Escola Politécnica da USP com Jordão e cita como importantes contribuições do professor para as pesquisas a criação do Laboratório de Máquinas Elétricas da Poli e as atividades executadas no projeto das grandes máquinas hidrogeradoras na década de 1960.

SERVIÇO – O livro ‘Máquinas Síncronas’ será relançado no dia 14 de junho de 2013, às 19 horas, na Fnac Pinheiros. O endereço é Praça dos Omaguás, 34, no bairro de Pinheiros, em São Paulo. A nova edição foi organizada pelo engenheiro elétrico Lucas Blattner Martinho, bolsista e doutorado da POLI-USP e ex-funcionário do IPT.