Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  04.06.14

Ranking dos institutos


Mensagem de presidente do IPT questiona jornal sobre consistência de indicador para ranking de institutos


Senhor Editor,

Diversas vezes a mídia nacional ocupou-se do descompasso, no caso brasileiro, entre produção científica e de patentes. São campos distintos. Por isso parece-me inconsistente o ranking de institutos de pesquisas brasileiros mencionado na matéria sob o título “Fiocruz, Embrapa e Inpe lideram pesquisa no país”, publicada na edição da Folha de S. Paulo do dia 02 de junho.

Nesse ranking são empregados parâmetros acadêmicos como critério de avaliação adequados para o caso das universidades de pesquisa. Diferentemente delas, os institutos tecnológicos têm o papel de estabelecer a ponte entre a academia e a sociedade.

Institutos focados em tecnologia como o Fraunhofer, na Alemanha, e TNO, na Holanda, também não hipervalorizam a produção de artigos acadêmicos. Até porque muitos dos clientes não querem que sua pesquisa seja divulgada, pelo fato de eventualmente conterem segredos industriais.

Fernando José Gomes Landgraf,
Diretor-presidente do IPT
Instituto de Pesquisas Tecnológicas do Estado de São Paulo S.A.