Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  09.12.09

Habitao de interesse social


IPT reúne profissionais do Mercosul para discussão de avanços tecnológicos em habitações de interesse social


Para aprofundar a troca de informações sobre habitações e empreendimentos de interesse social (HIS) na América Latina, o IPT foi sede nos dias 2 e 3 de dezembro de mais um encontro da Comissão Técnica de HIS, grupo ligado à Associação Estratégica de Instituições Tecnológicas dos Países do Cone Sul. As reuniões serviram para dar continuidade à discussão de procedimentos comuns de avaliação de produtos e serviços, levando-se em conta as diferenças regionais dos países participantes.

“A Comissão foi criada em 2007 para discutir formas de apoio tecnológico ao setor habitacional e incentivar o relacionamento técnico na avaliação de produtos e serviços, sem a intenção de criarmos uma abordagem macro, entre Brasil, Argentina, Uruguai, Paraguai e Chile”, explica Cláudio Mitidieri, pesquisador do Centro de Tecnologia do Ambiente Construído (CETAC) e responsável pelas atividades da Comissão no país.

No encontro realizado no Brasil, a comissão técnica decidiu priorizar nos trabalhos futuros as áreas de conforto higrotérmico (temperatura e umidade relativa do ar envolvente), sustentabilidade, desempenho acústico e durabilidade de HIS, na busca de um entendimento comum no tratamento das questões.
Da esq. para a dir: Antonio Berto, Jeifetz e Ramirez no Lab. de Segurança ao Fogo
 

Segundo os participantes, os aspectos de desempenho poderão ser tratados em níveis distintos, como critérios mínimos a serem aplicados em HISs, e superiores, para habitações de forma geral (mercado imobiliário). “O tema durabilidade também poderá ser tratado desta forma, sempre com a atenção em critérios mínimos que possam promover a vida útil de projetos em adequação à realidade dos países participantes”, explica Mitidieri.

O evento contou com apresentações técnicas de dois representantes latino-americanos da comissão, o arquiteto argentino Ricardo Jeifetz, do INTI, e o químico industrial paraguaio Wilfrido Ramirez, do INTNyM – o primeiro discutiu o desenvolvimento de tecnologias de materiais naturais e o segundo a qualidade/desempenho/sustentabilidade em edificações e ambiente construído. Os dois profissionais visitaram no segundo dia do evento os quatro laboratórios que compõem o CETAC, e o evento contou ainda com apresentações dos arquitetos Eduardo Trani, chefe do gabinete da Secretaria Estadual de Habitação, e Nabil Bonduki.