Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >   Publicaes tcnicas   >  Artigos Tcnicos

compartilhe

Molhabilidade de scaffolds biodegradveis obtidos por eletrofiao


Vanessa Tiemi Kimura; Carolina Fracalossi Rediguieri; Maria Helena Ambrosio Zanin; Shu Hui Wang


Resumo:
 
Scaffolds de nanofibras são bastante promissores em engenharia tecidual, pois podem ser projetados para mimetizar diferentes matrizes extracelulares. A utilização da blenda de policaprolactona (PCL) com gelatina visa combinar as elevadas propriedades mecânicas, do PCL, com as boas propriedades de adesão celular, da gelatina. A molhabilidade avaliada pelo ângulo de contato de uma gota com a superfície indica a qualidade, a rugosidade e a hidrofobicidade/hidrofilicidade da superfície. Neste trabalho, conjuntos de scaffolds de diferentes espessuras (0,11±0,01 mm, 0,14±0,03 mm, 0,20±0,02 mm e 0,31±0,04 mm) apresentaram ângulos de contato de 38±7°, 41±4°, 43±4° e 31±4°, respectivamente, confirmando a combinação das propriedades de molhabilidade dos polímeros utilizados. Apesar da proporção relativa PCL/gelatina ter sido mantida constante, a diminuição do ângulo de contato para o scaffold de maior espessura pode ser explicada pelo fenômeno de capilaridade e pelo aumento da presença de superfície hidrofílica pela sobreposição de maior número de domínios de gelatina.
 
 
Referência:
KIMURA, Vanessa Tiemi; REDIGUIERI, Carolina Fracalossi; ZANIN, Maria Helena Ambrosio; WANG, Shu Hui. Molhabilidade de “scaffolds” biodegradáveis obtidos por eletrofiação. In: congresso latino-americano artificiais e biomateriais, 9., CONGRESSO DA SOCIEDADE LATINO AMERICANA DE BIOMATERIAIS, ÓRGÃOS ARTIFICIAIS E ENGENHARIA DE TECIDOS, 13., 2016, Foz de Iguaçu. Anais... 8 p. 

 

 
Publicações técnicas