Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >   Publicaes tcnicas   >  Artigos Tcnicos

compartilhe

Rapid detection of corrosion inducing microorganisms using antibodies as bioreceptors for its application into microdevices.


Patrcia Lo; Dbora do Carmo Linhares; Maria Filomena de A. Rodrigues; Kleber Lanigra Guimares; Mrio Ricardo Gongora-Rubio; Jonas de Carvalho Gomes; Antnio Fernando Montemor; Douglas H.S. Oliveira; Beatriz A.A. Silva; Luciana Wasnievski da Silva de Luca Ramos


Resumo:


Biocorrosão ou corrosão induzida por microrganismos (Microbial Induced Corrosion – MIC) é um processo causado por microrganismos anaeróbios, especialmente bactérias redutoras de sulfato (BRS). O monitoramento da presença e da concentração destes microrganismos auxilia na determinação de medidas para a prevenção da corrosão em vários estágios da exploração de petróleo e gás. Neste artigo, o processo de desenvolvimento de um biossensor impedimétrico para a detecção acelerada de BRS usando anticorpos específicos é descrito. O alvo da detecção é a enzima APS-redutase, a qual está envolvida no processo de biocorrosão e apresenta características comuns ao grupo das BRS, permitindo a detecção indireta e até mesmo a quantificação de BRS. Anticorpos monoclonais e policlonais específicos para a detecção de BRS foram obtidos com sucesso após imunização de animais utilizando como antígeno um peptídeo sintético representativo da enzima APS-redutase. Ambos os tipos de anticorpos, monoclonal e policlonal (anti APS-redutase), provaram especificidade para as BRS por meio do teste DIBA (Dot Immuno Binding Assay). Os anticorpos do tipo monoclonal anti APS-redutase foram imobilizados na superfície de eletrodos impressos (Screen-Printed Electrodes – SPE), previamente modificada pela tecnologia de formação de monocamadas auto-organizadas (Self-Assembled Monolayer – SAM) usando cisteamina para acoplamento do anticorpo. Espectroscopia eletroquímica de impedância foi a ferramenta analítica selecionada para avaliação do desempenho do biossensor. Os resultados mostram que o biossensor é capaz de detectar diferentes concentrações de antígeno (peptídeo sintético da APS-redutase). No momento, os dispositivos biossensores anti-APS estão sendo preparados para testes com lisados de culturas puras de BRS e com BRS provenientes de amostras de campo.


Referência:
LÉO, Patrícia; LINHARES, Débora do Carmo; RODRIGUES, Maria Filomena de A.; GUIMARÃES, Kleber Lanigra; GONGORA-RUBIO, Mário Ricardo; GOMES, Jonas de Carvalho; MONTEMOR, Antônio Fernando; OLIVEIRA, Douglas H.S.; SILVA, Beatriz A.A.; RAMOS, Luciana Wasnievski da Silva de Luca. Rapid detection of corrosion inducing microorganisms using antibodies as bioreceptors for its application into microdevices. In: RIO OIL AND GAS EXPO AND CONFERENCE, 2016, Rio de Janeiro. Proceedings... 7 p. 


 

 
Publicações técnicas