Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >   Publicaes tcnicas   >  Artigos Tcnicos

compartilhe

Reatividade e resistncia mecnica de pastas reidratadas de cimento de alto forno


Raphael Baldusco; Tiago R. Santos Nobre; Srgio Cirelli ngulo; Valdecir Angelo Quarcioni


Resumo:

Os finos de resíduos cimentícios quando desidratados (<600°C) podem se tornar um ligante alternativo sem gerar emissões de CO2 relativas à descarbonatação do calcário. Esta pesquisa teve como objetivo avaliar a reatividade e resistência mecânica do cimento Portland de alto forno (CP III) e do cimento desidratado à 500°C por granulometria a laser, área superficial (BET), calorimetria isotérmica, resistência à compressão e microscopia eletrônica de varredura. Foi realizado também um estudo prévio de redução do tamanho dos corpos de prova. Os resultados obtidos comprovaram que o cimento desidratado se reidrata assim como o cimento Portland (CP V), citado na literatura. O CP III estudado apresentou um calor de molhagem elevado, devido à recombinação das moléculas de água com as fases desidratadas, formando fases reidratadas, similares às hidratadas originalmente, como silicatos, aluminossilicatos e sulfoaluminatos de cálcio. O mesmo quando reidratado alcançou 68% da resistência mecânica à compressão em relação ao cimento quando hidratado inicialmente aos 28 dias.


Referência:
BALDUSCO, Raphael; NOBRE, Tiago R. Santos; ÂNGULO, Sérgio Cirelli; QUARCIONI, Valdecir Angelo. Reatividade e resistência mecânica de pastas reidratadas de cimento de alto forno. In: ENCONTRO NACIONAL SOBRE APROVEITAMENTO DE RESÍDUOS NA CONSTRUÇÃO, 5., 2017, Fortaleza. Anais..

 
Publicações técnicas