Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >  Revista IPT

Revista IPT


Confira o n. 4 da Revista IPT | Tecnologia e inovação


 

Cumprindo sua dupla missão de informar e compartilhar qualidade técnica a ‘Revista IPT, Tecnologia e Inovação’ chega à sua quarta edição.

A discussão se abre com foco em compostos de metais terras-raras, usados em produtos que concorrem para a sustentabilidade. São catalisadores veiculares e para craqueamento de petróleo, polidores, laser, luzes e telas luminescentes. Destaca-se sua aplicação em ligas magnéticas de alta potência para motores de veículos elétricos, híbridos e geradores eólicos.

Ambientalmente relevante é também a questão dos óleos combustíveis industriais no Brasil, considerados ‘ultraviscosos’. Seu uso em fornos e caldeiras potencializa a emissão de poluentes atmosféricos. Prejudicial ao meio ambiente, pode causar doenças respiratórias. A boa notícia é que a emissão pode ser reduzida por sistemas de limpeza ou redutores da formação de gases.

‘Nanocarreadores poliméricos coloidais’ (NPC) são estudados para aplicação como sistemas de veiculação controlada de fármacos. São preparados em duas etapas: formação de nanoemulsão água-óleo em homogeneizador de alta pressão, seguida de extração da fase interna aquosa para obter a nanodispersão anidra. Na mesma linha, o estudo descreve o desenvolvimento e caracterização de um novo sistema carreador denominado NPC, constituído de matriz coloidal de maltodextrina dispersa em fase contínua de silicone.

A lei proíbe o trabalho nas empresas em geral aos domingos e feriados. Mas em algumas o trabalho deve ser contínuo em virtude do produto ser perecível, ou de equipamentos sensíveis a paradas prolongadas. O IPT, instituição pública de credibilidade, está apto à analise e emissão de ‘Parecer Técnico’ sobre trabalho ininterrupto. Respeitada a legislação, a Portaria 945/2015, do Ministério do Trabalho e Emprego, dispensa a anuência sindical para trabalho contínuo nas empresas habilitadas por parecer do IPT.

Em valores energéticos, a quantidade de biomassa produzida no Brasil é expressiva. Pode alcançar 1 Gigatonelada em 2030! Resíduos de biomassa gerados em atividades agroindustriais ainda são subutilizados, gerando passivos ambientais. As biomassas necessitam de avaliações mais precisas do potencial de uso energético.

Estudos para reforço e reabilitação de estruturas de concreto armado são fundamentais. Respondem a problemas decorrentes de falhas de projeto, danos e alterações no uso das estruturas. Uma alternativa promissora aos métodos tradicionais de reforço é a aplicação de laminados de ‘polímero reforçado com fibra de carbono’, enxertados em entalhes no cobrimento de concreto pela técnica ‘Near Surface Mounted’ (NSM).

Confira os artigos desta edição:


  • Revisão bibliográfica sobre metais de terras raras
  • Estudo experimental de viga de concreto armado reforçada com laminados de fibra de carbono pela técnica NSM
  • Emissão de material particulado (MP) na queima de óleo combustível nacional
  • Cenário brasileiro da geração e uso de biomassa adensada
  • Development of polymeric colloidal nanocarrier based on maltodextrin
  • Avaliação da contribuição de copolímero de bloco PEG/PPG na estabilidade coloidal de nanocarreadores
  • Trabalho aos domingos e feriados - nova legislação e como ela afetará as necessidades das indústrias

Veja ao lado os números anteriores da Revista IPT.