Solues IPT

Pgina inicial do IPT   >   Centros Tecnológicos   >   Solução IPT

Eletrodeposio de metais


 
Análise de banhos de eletrodeposição
 

O Laboratório de Corrosão e Proteção do IPT dedica-se aos processos de eletrodeposição de metais desde 1970. O Laboratório oferece apoio tecnológico à indústria resolvendo problemas relacionados com eficiência de banhos, adequação de anodos, análise de banhos, aparecimento de defeitos nos depósitos. Além disto, desenvolve projetos de pesquisa e desenvolvimento, propondo modificações na composição do banho e de anodos para melhorar a qualidade dos eletrodepósitos.

Nos últimos anos, vem se dedicando na procura de alternativas para os banhos cianetados, tendo já desenvolvido um projeto objetivando formular um banho de cobre alcalino sem cianetos. Este projeto teve como produto uma dissertação de mestrado intitulada “ESTUDO DA ELETRODEPOSIÇÃO DO COBRE A PARTIR DE BANHOS ALCALINOS ISENTOS DE CIANETOS”. O banho formulado usa o ácido 1­hidroxietano­1,1­difosfônico (HEDP) como complexante de cobre e fornece depósitos muito mais brilhantes do que os depósitos obtidos a partir dos banhos cianetados. Um pedido de patente já foi depositado.

Revestimentos de estanho e cobre obtidos por eletrodeposição
 

Projetos de pesquisa e desenvolvimento objetivando estudos relacionados com mecanismos de corrosão também são foco do LCP. O projeto intitulado “ESTUDO DA ELETRODEPOSIÇÃO DO ZINCO, DO COBALTO E DA ELETRODEPOSIÇÃO SIMULTÂNEA DO ZINCO/COBALTO ATRAVÉS DE CURVAS DE POLARIZAÇÃO” permitiu sugerir mecanismos de deposição das ligas de zinco com metais do grupo de ferro (ferro, níquel e cobalto), tendo sido tema de uma tese de doutorado.

O Laboratório possui toda a infraestrutura para estudar os processos de eletrodeposição e caracterizar os eletrodepósitos, citando-se: células de eletrodeposição, anodos da grande maioria dos processos de eletrodeposição de metais, retificadores, agitadores, aquecedores, reagentes químicos, medidores de espessura de camada, microscópios (ópticos, eletrônicos e confocais, Raman), recursos para análise química dos depósitos e dos banhos de eletrodeposição; recursos para o uso de técnicas eletroquímicas aos processos de eletrodeposição (potenciostados e analisadores de frequência).

 
  • Eletrodeposição de metais