Segmentos de mercado

Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >  Artigos Tcnicos

compartilhe

Biorremediao de solos contaminados com hexaclorociclohexano (HCH) em biorreator


Rita de Cassia Paro Alli; Elda Sabino da Silva; Patricia Lo; Debora do Carmo Linhares; Rosa Mitikop Saito Matsubara; Maria Filomena de Andrade Rodrigues


Resumo:

O uso extensivo e indiscriminado de hexaclorociclohexano (HCH) como um pesticida, desde 1940, resultou em contaminações ambientais com danos à biota, incluindo o homem, sendo necessária a sua eliminação. Isto vem demandando diversos estudos e esforços na busca da melhor solução. A técnica de biorremediação tem se destacado como uma forma de descontaminação de menor custo e de baixa perturbação apara o meio ambiente, quando comparada a outros processos de remediação. Neste trabalho, solo contaminado com HCH foi submetido ao estudo de biorremediação em biorreator operado em batelada com o material em fase lamosa. O solo utilizado quanto à concentração microbiana no início e ao término do ensaio. As concentrações de HCH foram quantificadas no início, aos 20 e 70 dias de ensaio. Foram aplicadas condições favoráveis de umidade, aeração e temperatura para o desenvolvimento microbiano visando a biodegradação do HCH. Ao final do processo verificou-se o desenvolvimento dos microrganismos presentes no solo em tratamento, bem como a degradação de 92,7 % do HCH total. Estes resultados indicam o grande potencial de biorremediação de solos contaminados por HCH utilizando biorreator em fase lamosa.


Referência:
ALLI, Rita de Cassia Paro; SILVA, Elda Sabino; LÉO, Patricia; LINHARES, Debora do Carmo; MATSUBARA, Rosa Mitiko Saito; RODRIGUES, Maria Filomena de Andrade. Biorremediação de solo contaminado com hexaclorociclohexano (HCH) em biorreator. . In: SIMPÓSIO NACIONAL DE BIOPROCESSOS, 9., SIMPÓSIO NACIONAL ENZIMÁTICA DE BIOMASSAS, 10., 2013, Foz do Iguaçu. Anais... São Paulo: ABEQ, 2013. 4p.