Segmentos de mercado

Pgina inicial do IPT   >   Centros Tecnológicos   >   Cases

compartilhe

IPT investiga cosmtico que entrou em combusto aps aplicao na pele


O problema

Um produto cosmético pegou fogo na pele de um usuário após a aplicação. O fabricante procurou o Laboratório de Análises Químicas (LAQ) do IPT para realizar um estudo de teor alcoólico na formulação cosmética em situações diversas, a fim de avaliar a possibilidade de combustão de seu produto após aplicação na pele.


O trabalho do IPT


O LAQ realizou testes em pele artificial em ambiente confinado após a aplicação imediata e em tempos de exposição variados, determinando o teor alcoólico no ambiente. A partir do teor de etanol obtido, também foi possível avaliar o ponto de fulgor do produto nos diversos tempos.

A equipe do laboratório concluiu que, com a concentração alcoólica inicial e em tempo de exposição inferior a dois minutos, o produto seria capaz de entrar em combustão e provocar queimaduras em seu usuário, caso estivesse em ambiente propício (por exemplo, próximo a uma churrasqueira).


Solução


A empresa revisou a formulação do produto para garantir a segurança de seus clientes.

 
 
Contatos
  • Central de Relacionamento com o Cliente
  • ipt@ipt.br
    Tel.: (11) 3767-4000