Segmentos de mercado

Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >  Artigos Tcnicos

compartilhe

A mudana da paisagem pela minerao interfere na oferta de servios ecossistmicos?


Mariana Hortelani Carneseca Longo; Ricardo Ribeiro Rodrigues


Resumo:

Considerando que os serviços ecossistêmicos (SE) são benefícios para a sociedade e que seu provimento depende da capacidade da paisagem em fornecê-los, um princípio da sustentabilidade é que não se pode exaurir essa capacidade em longo prazo. Paisagens podem hospedar diversos ecossistemas, que por sua vez, apresentam diferentes funções com base na estrutura e nos processos ecológicos envolvidos (integridade ecológica). Como os SE podem ser difíceis de medir diretamente, admite-se uma relação linear entre a estrutura dos ecossistemas e prestação de serviços, onde quanto maior a intensidade no uso do solo, menor é o potencial da paisagem em prover SE. A mineração é um dos maiores agentes de alteração do uso do solo e da paisagem. Este estudo está sustentado sob a seguinte questão: “Como a mudança de uso e ocupação do solo decorrente da atividade minerária interfere na oferta local de SE?”, e, para isso, propõe um método para atender a três objetivos: (1) identificar os serviços ecossistêmicos; (2) caracterizar o potencial das diferentes classes de uso e ocupação do solo em fornecer os SE; (3) analisar as diferenças na oferta local de SE ao longo da atividade minerária. Para ilustrar a aplicação do método, o estudo foi conduzido no Complexo Mineroquímico da Vale, em Cajati - SP. Foram selecionados 27 SE com potencial de serem ofertados localmente e foram analisados sete cenários da composição da paisagem. Considerando que o cenário 6 representa a situação de maior degradação e alteração da paisagem e o cenário 1 a situação mais próxima da original, anterior a atividade minerária, os valores apresentados demonstraram a redução de 21,7% da capacidade da paisagem em fornecer SE como um todo, observando uma tendência de redução progressiva da disponibilidade de SE ao longo dos anos até o final da atividade minerária e de aumento da disponibilidade de serviços após implantação do PRAD (cenário 7). Conclui-se que a atividade minerária ao alterar o padrão de uso e ocupação do solo e, consequentemente, alterar as funções ecológicas locais, reduziu progressivamente a oferta de múltiplos SE, mesmo após a implantação das ações do PRAD.


Referência:
LONGO, Mariana Hortelani Carneseca; RODRIGUES, Ricardo Ribeiro. A mudança da paisagem pela mineração interfere na oferta de serviços ecossistêmicos? In: CONGRESSO BRASILEIRO DE AVALIAÇÃO DE IMPACTO, ÉTICA E AVALIAÇÃO DE IMPACTO AMBIENTAL, 4., 2018. Fortaleza. Anais... 8p.


Acesso ao artigo no site do Evento:
http://4cbai.xtage.com.br/anais