Segmentos de mercado

Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >  Artigos Tcnicos

compartilhe

Estudo da adsoro de gua pelo etanol anidro de diferentes origens


Clia Aparecida Lino dos Santos; Zehbour Panossian; Gislaine M.Bragagnolo Nunes; Gutemberg de Souza Pimenta


Resumo

O etanol anidro apresenta uma propriedade importante que é a sua alta higroscopicidade, isto é, o etanol é capaz de absorver água da atmosfera. Esta propriedade deve ser levada em consideração quando se realizam ensaios de corrosão em laboratório porque a quantidade de água absorvida pelo etanol durante tais ensaios podem causar um aumento significativo, ultrapassando inclusive os limites do teor de água estabelecidos pelas especificações correntes que é de 1 % (v/v). Isto é particularmente importante em ensaios de laboratório, visto que normalmente são usadas quantidades reduzidas de etanol. Neste trabalho, um estudo foi feito para verificar, de maneira comparativa a capacidade de absorção de água pelo etanol de diferentes origens expostos a atmosfera em diferentes condições. Três amostras de etanol foram estudadas: etanol de milho, etanol de cana de açúcar e etanol de grau analítico. Duas condições de ensaios foram consideradas: sistema aberto e sistema semiaberto. Para o sistema semiaberto, um frasco, com capacidade de 500 mL, provido com uma tampa de material metálico foi utilizado. Três furos foram feitos na tampa, através do qual o etanol em ensaio entrava em contato com ar atmosférico local. O frasco foi preenchido com três diferentes quantidades de etanol (250 mL, 375 mL e 550 mL). Para o sistema aberto, um cilindro graduado de 250 mL foi utilizado. O teor de água em função do tempo de exposição do etanol ao ar atmosférico foi determinado. A determinação do teor de água foi feita por titulação potenciométrica, isto é, pelo método de Karl Fischer. Para o sistema semiaberto, verificou-se que, quando os frascos não estavam completamente cheios, a taxa de absorção de água era a mesma independente da origem do etanol. No entanto, quando o frasco estava completamente cheio, a taxa de absorção máxima foi observada para o etanol de grau analítico. Verificou-se ainda que quanto maior o espaço vazio, maior é a taxa de absorção de água. Para o sistema totalmente aberto, a taxa de absorção dos três tipos de etanol era da mesma ordem de grandeza. Finalmente, verificou-se que a taxa de absorção do sistema semiaberto conduzido com o maior espaço vazio era da mesma ordem de grandeza da taxa de absorção do sistema aberto.


Referência
BRAGAGNOLO, G.M.; PANOSSIAN, Z.; SANTOS, C.A.L.; PIMENTA, G.S. Study of water absorption by anhydrous ethanol from different sources. In: RIO PIPELINE CONFEREENCE & EXPOSITION, 2011, Rio de Janeiro. Proceedings...


 
Mais sobre este centro
 
Contatos
  • Central de Relacionamento com o Cliente
  • ipt@ipt.br
    Tel.: (11) 3767-4000