Segmentos de mercado

Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >  Artigos Tcnicos

compartilhe

Estudo sobre corroso preferencial em tubos com solda helicoidal


Neusvaldo Lira de Almeida; Andr Luis C. Bonfim; Jussara Melo; Mrcio Bispo de Almeida


Resumo:

Superfícies internas de dutos estão em contato permanente com produtos corrosivos. Estes problemas tornam-se mais importantes nos dutos de transporte de produtos corrosivos, pois qualquer vazamento pode contaminar o meio ambiente. Em geral, os cordões de soldas de tubos são posicionados longitudinalmente e isto minimiza o risco de problemas de corrosão, porque a costura está sempre localizada na geratriz superior do tubo, onde praticamente não há contacto com o líquido. O Laboratório de Corrosão e Proteção do IPT, em colaboração com a Petrobras desenvolveu um estudo para avaliar a ocorrência ou não de corrosão preferencial em tubos com solda helicoidal em contato com petróleo, gasolina, óleo combustível, gasóleo (derivado pesado de petróleo entre 270 ºC e 550 ºC), gás natural contendo CO2 e etanol, todos os fluidos com teor de água original, com adição de água, bem como com e sem inibidor de corrosão. Os estudos foram realizados em amostras de aço-carbono API X-70, soldados com arco submerso. Os corpos de prova foram ensaiados completamente imersos e expostos à interface com a fase vapor, durante 30 dias. Para a gasolina, petróleo e etanol, a temperatura foi de 35 °C, para gás 65 °C e para gasóleo 80 °C e óleo combustível a temperatura foi 90 °C. A avaliação dos corpos de prova foi realizada por exame visual e com o auxílio de um microscópio confocal. A concentração de ferro, de enxofre, de cloreto, o pH e/ou pHe e a umidade foram analisadas antes e após os ensaios, a fim de se obter informações adicionais sobre a corrosividade de cada meio tanto ao material de base como nas regiões de solda. Em todos os ensaios realizados, a presença de água aumentou a corrosividade dos produtos, mas não foi constatada corrosão preferencial na região de solda ou na matriz. Os inibidores de corrosão, na concentração aplicada, foram eficazes para reduzir a intensidade da corrosão.


Referencia:
ALMEIDA, Neusvaldo Lira de; BONFIM, André Luis C.; MELO, Jussara; ALMEIDA, Márcio Bispo de. Estudo sobre corrosão preferencial em tubos com solda helicoidal. In: CONGRESSO INTERNACIONAL DE CORROSÃO, INTERCORR, 2014, Fortaleza. Proceedings... Rio de Janeiro: ABRACO, 2014. 13 p.

 
Mais sobre este centro
 
Contatos
  • Central de Relacionamento com o Cliente
  • ipt@ipt.br
    Tel.: (11) 3767-4000