12.02.20

Inovao no transporte

compartilhe


IPT recebe equipes do Metrô de São Paulo para discutir parcerias em pesquisas e serviços  


Vinte e três profissionais da Companhia do Metropolitano de São Paulo – Metrô estiveram hoje (12) no campus do Instituto de Pesquisas Tecnológicas para discutir parcerias em projetos de pesquisas e execução de serviços. As equipes das áreas de operações, manutenção e engenharia assistiram a apresentações de pesquisadores do Laboratório de Equipamentos Elétricos e Ópticos, do Laboratório de Equipamentos Mecânicos e Estruturas, da Seção de Soluções de Software e Sistemas para Engenharia, do Laboratório de Vazão e também do diretor do Centro Tecnológico do Ambiente Construído do IPT.

A visita faz parte de uma aproximação entre as duas instituições iniciada no final de 2019, quando uma equipe da diretoria de Inovação e de pesquisadores do IPT esteve na sede do Metrô para discutir cooperações com o recém-criado Núcleo de Inovação Tecnológica (NIT) da empresa. “O Metrô deu o primeiro passo identificando nas suas diversas áreas o que eles enxergavam como possibilidade de inovação para suas atividades.
Rodrigo Teixeira, diretor do IPT Open, apresentou a nova iniciativa do Instituto aos visitantes
 
Eles elaboraram uma lista dos temas de interesse, a qual foi apresentada em nossa primeira reunião e, a partir das demandas, reunimos as equipes dos laboratórios para identificar possíveis ofertas de projetos de pesquisas e serviços”, explica Alex Fedozzi Vallone, responsável pela gerência de parcerias públicas do IPT.

Dois diretores do Metrô estiveram presentes hoje no encontro: Alfredo Falchi Neto, diretor de Assuntos Corporativos, e Milton Gioia Jr, diretor de Operações e Manutenção, além do coordenador do NIT, Álvaro Gregório. Agilidade nas operações e novas fontes de recursos foram enfatizadas como os principais benefícios possíveis a partir do estabelecimento de parcerias das duas instituições pelos profissionais, que conheceram ainda as oportunidades oferecidas pelo IPT Open Experience.

“A parceria entre o Metrô e o IPT deverá trazer benefícios do ponto de vista da garantia de procedimentos de manutenção e engenharia e minimizar os custos relacionados a estes projetos, permitindo que falhas nas operações sejam minimizadas ou evitadas por completo”, afirmou Falchi Neto. Novas formas de parceria por meio do IPT Open foram ressaltadas por ele como um caminho para trazer agilidade, com a incorporação de outros participantes nos projetos como startups, e a possibilidade de recursos adicionais para subsidiar projetos de acordo com os interesses das partes envolvidas.

“O Metrô estava desenhando sua estratégia e seu plano de inovação quando surge o contato da Diretoria de Inovação e Negócios do IPT. Começamos as primeiras conversas e, neste tempo, surgiu o IPT Open. Foi uma grata satisfação porque trouxe a oportunidade que está sendo buscada dentro do nosso plano de inovação, em especial de inovação aberta. Vamos continuar as conversas com a nossa diretoria para a discussão das parcerias”, disse Gregório.


 
 
Contato
  • CTMNE Centro de Tecnologia Mecnica, Naval e Eltrica
  • ctmne@ipt.br
    Tel.: 11 3767-4029