Cursos de Especializao e curta durao


compartilhe

Acstica de ambientes: conceitos e aplicaes




A norma brasileira de edificações NBR 15575 estabelece níveis de isolação sonora para o ambiente construído, e tanto engenheiros quanto arquitetos devem possuir noções de acústica e conforto ambiental para planejarem adequadamente seus projetos. Cursos de graduação de Engenharia e Arquitetura no Brasil possuem disciplinas de conforto ambiental, mas a ampla maioria é pouco focada em conceitos acústicos.

Compreender adequadamente os conceitos de conforto e desempenho acústico e suas implicações em projetos, bem como características de materiais e componentes, máquinas e equipamentos, torna-se um diferencial para o profissional de edificações no mercado – não só por conta das normas vigentes, mas também pela qualidade acústica dos projetos desenvolvidos, adequados ao uso pretendido dos ambientes.


PROPOSTA TEMÁTICA DO CURSO

Capacitar o aluno a aprimorar projetos, especificação de compra de produtos “acústicos”, bem como avaliar resultados de medições e identificar potenciais fatores de mitigação de ruído, a partir de conceitos de conforto e desempenho acústico e suas implicações em projetos, características de materiais e componentes, máquinas e equipamentos. Apresentação de exigências de normas vigentes, fontes de ruído e acústica em espaços urbanos.


METODOLOGIA

Aulas presenciais e expositivas, com discussão de exemplos práticos. Visita acompanhada pelo professor ao laboratório, a fim de destacar conceitos de absorção e reflexão do som e apresentar ensaios acústicos (isolação sonora de componentes, absorção sonora de componentes, impacto de piso, ruído de eletrodomésticos, ruído de instalações hidro sanitárias).


PÚBLICO ALVO

Arquitetos, engenheiros, estudantes e áreas afins


DATA

Duas opções de datas:
Dias 25 a 29 de novembro das 19h às 22h30 (dias de semana)
Dias 09 e 23 de novembro das 8h às 17h30 (sábados)

Carga horária: 20 horas


LOCAL

IPT (Instituto de Pesquisas Tecnológicas) – Av. Professor Almeida Prado, 532 – Prédio 56 – Térreo – Cidade Universitária – São Paulo/SP


INVESTIMENTO

R$ 1.500,00 (parcelado em até duas vezes)


INSCREVA-SE (Após inscrição entrar em contato para informar os dias de interesse)


EMENTA E GRADE DA DISCIPLINA

Serão abordados os seguintes aspectos: conceitos de conforto e desempenho acústico e suas implicações em projetos, fontes de ruído, percepção e conforto acústico, acústica de espaços urbanos, materiais e componentes, máquinas e equipamentos,

Introdução

1. Conceitos básicos de ondas sonoras;

2. Grandezas acústicas:
a. Nível de ruído - Decibel;
b. Frequencia – Hertz
c. Escala logarítmica;
d. Operações com Decibels.

3. Impedância acústica;

4. Pressão sonora e nível de pressão sonora;

5. Potência sonora e nível de potência sonora;

6. Intensidade sonora.

Propagação Sonora

1. Como o ruído se propaga em:
a. Meio ambiente – Campo Livre;
b. Ambientes internos – Campo reverberante.

2. Tipos de fontes sonoras:
a. Fontes pontuais e lineares;
b. Ruído rosado e ruído branco;
c. Ruído de máquinas/equipamentos;
d. Ruído intrusivo;
e. Ruído tonal.

Formas de Mitigação e Atenuação Sonora

1. Conceitos:
a. Isolação sonora;
b. Absorção sonora;
c. Barreiras acústicas;
d. Enclausuramento.

2. Edificios:
a. Ruído externo:
i. Isolação da envoltória;
ii. Estudo da implantação;
iii. Qualidade dos elementos;
iv. Qualidade da construção.
b. Ruído interno:
i. Qualidade acústica de pisos;
ii. Equipamentos prediais;

Conforto e Desempenho Acústico

1. Conforto acústico no interior de edifícios
a. Conceito;
b. Exigências humanas;
c. Saúde;
d. Normalização nacional - NBR 10.152;
e. Panorama internacional.

2. Desempenho acústico no interior de edifícios
a. Conceito;
b. Normalização nacional - NBR 15.575;
c. Panorama internacional.

3. Ruído ambiental
a. Conceito;
b. Exigências humanas;
c. Saúde;
d. Normalização nacional - NBR 10.151;
e. Panorama internacional.

4. Ruído Industrial
a. Conceito;
b. Exigências humanas;
c. Saúde e salubridade;
d. Normalização nacional - NR 15;
e. Panorama internacional.

Adequação de Ambientes Acústicos

1. Isolação sonora e absorção sonora em ambientes internos:
a. Tempo de reverberação;
b. Nível de ruído no interior dos edifícios;
c. Técnicas de mitigação.

2. Características dos materiais isolantes e absorvedores acústicos.

3. Critérios para inteligibilidade da fala.


PROFESSOR

Marcelo de Mello Aquilino – Físico formado pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo - PUC-SP, com mestrado na área de tecnologia na construção de edifícios e Campos Eletromagnéticos, pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas de São Paulo - IPT. É pesquisador do IPT vinculado ao Laboratório de Conforto Ambiental. Especialista na área de conforto ambiental com ênfase em acústica e térmica. Vasto conhecimento em simulações de desempenho acústico, térmico e energético e ensaios de laboratório. Professor do curso de mestrado do IPT. Doutorando da Faculdade de Saúde Pública da USP na área de Epidemiologia e Acústica.


OUTRAS INFORMAÇÕES

Andréa Valero – e-mail: cursos@ipt.br – fone: (11) 3767-4226

 
Cursos de Especialização e curta duração