Pgina inicial do IPT   >   Imprensa   >  IPT na mídia



IPT na mdia



compartilhe


  16.01.19

Tnis falsificados


Laboratório de Calçados e Produtos de Proteção do IPT realiza ensaios para série de reportagens da Rede Globo sobre falsificação de calçados esportivos


Uma equipe da Rede Globo em São Paulo acompanhou a chegada e a distribuição de um carregamento de tênis falsificados na capital paulista: a série de reportagens foi exibida nos dias 11 e 12 de janeiro nos telejornais SP2, SP1 e Jornal Hoje, e também no Jornal das 10, da GloboNews. Em 2015, uma pesquisa realizada pelo Ibope, a pedido da Associação pela Indústria e Comércio Esportivo (Ápice), demonstrou que, em um ano, mais de 18 milhões de pares de calçados esportivos de origem ilegal haviam sido declaradamente adquiridos no Brasil. Isso representava aproximadamente 23% do consumo de tênis no País.

O Laboratório de Calçados e Produtos de Proteção do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), que é o único laboratório público do Brasil habilitado a realizar testes em calçados e está localizado no município de Franca, avaliou dois pares de tênis para adultos e três pares de tênis para crianças, a pedido da emissora.

Os calçados foram reprovados no ensaio de fricção do cadarço, que mede a resistência e a durabilidade do cadarço ao desgaste, a partir da quantidade de vezes em que se pode amarrar e desamarrar o tênis sem que o mesmo seja danificado, e também no teste de abrasão do forro, que mede a resistência da forração interna quanto ao desgaste. “Este ensaio simula a fricção da meia do usuário com o material que forra o calçado”, explica o pesquisador Pedro Yuri Kovatch. “Os calçados deveriam suportar, a seco, 25.600 fricções e, a úmido, 12.800 fricções; no entanto, eles não resistiram, em média, nem sequer a duas mil fricções, e ficaram totalmente desgastados”.

Confira abaixo a primeira reportagem da série, que foi exibida no SP2 no dia 11 de janeiro: