Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  22.02.19

Aproveitar a gua de chuva


IPT promove curso sobre manejo da água de chuva como instrumento de políticas públicas para prefeituras de SP


O Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) recebeu em seu campus de São Paulo, no dia 21 de fevereiro, 15 representantes de cinco municípios do estado para o curso ‘Aproveitamento predial da água da chuva’, oferecido no âmbito da Plataforma Pró Municípios. A iniciativa do IPT auxilia gestores públicos com conhecimento técnico em engenharia e tecnologia, oferece cursos e apoia o planejamento, a gestão e execução de políticas públicas.

Os objetivos do curso foram capacitar administradores municipais com novos conceitos sobre captação de água de chuva e mostrar como a inserção dessa prática pode ser empregada por uma prefeitura para além da preocupação com economia de água nas edificações, ou seja, como instrumento de políticas públicas para o manejo urbano das águas pluviais, como parte de estratégia de minimizar as ocorrências de enchentes e inundações, por exemplo.

Segundo Luciano Zanella, pesquisador do Laboratório de Instalações Prediais e Saneamento e coordenador do curso, as preocupações das prefeituras municipais ainda estão voltadas à viabilidade econômica da implantação de sistemas de aproveitamento e à redução de consumo: “Ainda não existe um pensamento de integrar o uso de água de chuva no manejo urbano para diminuir escoamentos, por exemplo. A grande preocupação é saber se vale a pena ou não construir um sistema por conta dos custos”.

As prefeituras de Bom Jesus dos Perdões, Caraguatatuba, Guarujá, Piquete e Santana de Parnaíba estiveram presentes no curso. Katia Gomes, coordenadora de projetos arquitetônicos da Prefeitura de Caraguatatuba e participante do curso, afirma que todos os projetos de novas edificações no município, desde 2017, estão incluindo a discussão de implantação de sistemas de coleta de água de chuva para reaproveitamento em vasos sanitários e limpeza de calçadas:
Quinze representantes de cinco municípios paulistas participaram do curso
 
“Queremos verificar a eficiência das soluções nas obras novas para, em seguida, tentar expandi-las para as edificações existentes. Conhecemos os bons resultados destes sistemas em construções residenciais, mas ainda é preciso comprovar sua utilidade em obras públicas”.

Os benefícios do curso para o seu trabalho, explica Katia, estiveram na apresentação das técnicas e normas e, sobretudo, nos prós e contras para a adoção das soluções: “Os participantes tiveram a oportunidade de esclarecer dúvidas sobre até que ponto é possível aplicar os sistemas em projetos, porque alguns deles são viáveis e outros não”.

O interesse em participar do curso para Marcio Paulo Garzuzi, engenheiro civil da Prefeitura de Bom Jesus dos Perdões, teve início com a oferta dos serviços oferecidos pela Plataforma Pró Municípios: “Fizemos uma reunião na prefeitura e consideramos que seria interessante ter o apoio de uma instituição que possui o conhecimento e a prática. Não existe ainda nenhuma solução implantada para aproveitamento de água de chuva na cidade. Este curso poderá auxiliar na execução de estudos para definição de quais edificações municipais poderiam aplicar o reúso de água”, completa ele.