Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  29.11.19

Anlise de gases


Curso oferecido pelo IPT tem como foco especificação, operação e manutenção de sistemas para indústrias


O Laboratório de Engenharia Térmica do Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT) promoveu, nos dias 28 e 29 de novembro, a terceira edição do curso ‘Análise de gases de combustão na indústria – o quê, por quê e como medir’. Com foco na especificação, operação e manutenção de sistemas de análise de gases de combustão, o curso atraiu 19 profissionais com diferentes formações e funções em indústrias e prestadoras de serviços.

O conteúdo prático consistiu em uma exposição de fabricantes, representantes e revendedores de instrumentos de análise de gases
 
O primeiro dia contou com aulas ministradas pela equipe técnica do laboratório que abrangeram o arcabouço teórico do curso. Noções de combustão industrial, poluição atmosférica, legislação ambiental, técnicas e instrumentos de medição da composição dos gases foram alguns dos temas abordados. O conteúdo prático, oferecido no segundo dia, consistiu em uma exposição de fabricantes, representantes e revendedores de instrumentos de análise de gases para apresentarem seus produtos e demonstrarem seu funcionamento aos alunos.

Para Sérgio Reis, da Ambiental RB, empresa do ramo de equipamentos, sistemas e serviços para monitoramento ambiental, o curso é válido para conhecer o que está atualmente no mercado do setor. “Viemos com o objetivo de descobrir um pouco mais sobre o monitoramento de emissões de gases na indústria e conseguimos obter não apenas a teoria, mas também a prática com a visita às instalações do laboratório”, afirma.

Já Alexsandro Veloso, engenheiro eletricista da Usiminas de Cubatão, afirma que o curso traz uma noção muito boa do que é a análise de combustão. “Nós da indústria somos preocupados com o resultado das nossas ações: usamos um determinado gás para combustão e sabemos seu efeito, mas muitas vezes não sabemos o motivo de determinado efeito acontecer. Através do curso do IPT nós conseguimos entender melhor esses ‘porquês’ e as normas a serem respeitadas, o que traz ferramentas à nossa vida profissional”, conta o representante da empresa do setor siderúrgico.

Para os fabricantes e revendedores de instrumentos de análise de gases que expõem seus produtos, o curso representa uma oportunidade de divulgação. “Hoje em dia o cliente precisa fazer determinadas análises e tem dificuldade de buscar fornecedores. Um evento como esse coloca as empresas e o consumidor lado a lado”, explica Ailton Joaquim, representante da Horiba, fabricante japonesa de instrumentos de precisão para medição e análise.

Renato Vergnhanini, pesquisador do laboratório e coordenador do treinamento, apontou a importância do conteúdo apresentado para um público-alvo diversificado. “O curso de análise de gases é mais informativo: contribuímos tanto com profissionais de engenharia, que são responsáveis pela especificação e compra de instrumentos de análise de gases, quanto com profissionais de operação e manutenção, que trabalham no dia a dia com esses instrumentos. Procuramos apresentar um conteúdo que contemple toda essa gama de atividades”, finalizou.