Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  31.03.20

Recursos contra o coronavrus


Embrapii amplia verbas e muda modelo de negócio para projetos relacionados ao combate à Covid-19


Com informações da Empresa Brasileira de Inovação Industrial (Embrapii)

A Embrapii anunciou que aumentará o aporte de recursos não reembolsáveis para empresas desenvolverem projetos que amenizem o impacto do novo coronavírus no Brasil. A organização flexibilizará o modelo tradicional de financiamento em que arca com até um terço do valor dos projetos. A partir de agora dará um estímulo maior às pesquisas relacionadas à Covid-19 que será avaliado de acordo com cada proposta. 


Além do aumento do aporte de recursos, a Embrapii irá permitir a submissão de propostas fora das áreas de atuação definidas para cada unidade (no caso do IPT, por exemplo, que tem as modalidades Biotecnologia e Novos Materiais, será possível submeter projetos em outras áreas de competência do Instituto, como TI). Diferentemente, do critério usual de aprovação dos projetos (unidade Embrapii e a empresa aprovam a proposta), nos projetos de combate à coronavírus, a aprovação estará sob a responsabilidade da própria Embrapii (em menos de 4 dias).
Embrapii amplia verbas e muda modelo de negócio para projetos relacionados à Covid-19
 

Além disso, foram destinados R$ 6 milhões, sendo R$ 2 milhões da parceria com o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), para projetos de startups e pequenas empresas, associadas ou não a médias e grandes empresas, para a criação de soluções que amenizem o impacto da crise. As soluções podem envolver o diagnóstico e o tratamento da doença, e as tecnologias incluem softwares, sistemas inteligentes, hardware, peças e equipamentos médicos, entre outros.

“Neste momento, as instituições precisam se unir para conter o avanço desta pandemia. Nossa organização nasceu com o propósito de ajudar as empresas inovadoras a superar desafios tecnológicos. Com a situação diante do Covid-19 não seria diferente”, aponta o diretor de planejamento e gestão da Embrapii, José Luis Gordon.

Para Zehbour Panossian, diretora de Inovação do IPT, “a medida da Embrapii é de extrema importância para que, além dos governos, as nossas empresas deem a sua contribuição para o combate à pandemia”.

O modelo operacional da Embrapii é ágil e não depende de edital, basta a empresa procurar uma das 42 unidades Embrapii e apresentar sua proposta. O projeto passa por uma análise e, caso aprovado, o recurso é liberado, sem burocracia. A Embrapii disponibilizou um canal para receber propostas e direcioná-las a suas unidades no e-mail projetoscorona@embrapii.org.br. O IPT também criou um canal para recebimento de demandas relacionadas ao novo coronavírus, que pode ser acionado pelas empresas para o envio de propostas: covid19@ipt.br.