Pgina inicial do IPT   >  Notícias

Notcias


compartilhe


  09.12.20

Investimentos no Vale do Ribeira


Ações em diversas áreas compõem programa Vale do Futuro, incluindo estudo do IPT sobre dinâmica da economia


Com informações do Portal do Governo do Estado de São Paulo

O governador João Doria esteve no município de Registro nesta quarta-feira (9) para realizar uma série de entregas e anúncios como parte das ações do Vale do Futuro, megaprojeto criado pelo Governo de São Paulo para impulsionar o desenvolvimento econômico e social do Vale do Ribeira. As medidas anunciadas hoje por Doria ultrapassam a marca de R$ 57 milhões e abrangem áreas diversas da administração estadual, com benefícios diretos a vários municípios da região.

"Nosso objetivo é transformar o Vale do Ribeira no Vale do Futuro. Para isso é preciso ação, desenvolvimento, planejamento, investimentos públicos em todos os setores e também atração de investimentos privados”, disse Doria.

O governador realizou o lançamento do Plano de Desenvolvimento Econômico Sustentável (PDES-VR) para a região do Vale do Ribeira.
Diretor-presidente do IPT, Jefferson de Oliveira Gomes, esteve presente na cerimônia de entrega do plano de desenvolvimento sustentável, ao lado do governador João Doria e da secretária Patricia Ellen. Crédito foto: Governo do Estado de São Paulo
 
A secretária de Desenvolvimento Econômico, Patrícia Ellen, apresentou o plano que tem o objetivo de propor ações e iniciativas para a dinamização econômica sustentável e compatível com as vocações e potencialidades da região. A estratégia permitirá um aprofundamento nos caminhos para desenvolvimento econômico dos setores predominantes da região.

O plano está amparado por um estudo realizado pelo Instituto de Pesquisas Tecnológicas (IPT), que analisou informações sobre a dinâmica da economia da região. O conteúdo propositivo do PDES-VR fortalece a base de informações e conhecimentos da Secretaria de Desenvolvimento Econômico sobre a região do Vale do Ribeira, e deve subsidiar, de forma consistente, a implementação das políticas de desenvolvimento regional afeitas às atribuições da pasta, contribuindo, ainda, para o fortalecimento e o sucesso do Programa Vale do Futuro.

QUATRO PROGRAMAS - Quatro programas estão incluídos no estudo: três estão estruturados sobre as cadeias produtivas alvo do projeto (mineração, produção rural e turismo) e o quarto busca, dentro de sua transversalidade, garantir a valorização de seu ativo mais notável, que é a dotação socioambiental.

Cada um dos programas contém um pequeno diagnóstico setorial, que contextualiza e traz as principais referências para os objetivos estratégicos que fundamentam as ações. As ações propostas estão desdobradas em atividades que servem também, em alguns casos, como indicadores sobre o avanço dessas iniciativas. Instituições que potencialmente podem liderar as ações e demais entidades partícipes e/ou colaboradoras também são indicadas, e com a expectativa de prazo para a realização (curto prazo – 2022; médio prazo – 2025; e longo prazo -2030).

Esse quadro propositivo de ações focais é completado por um conjunto de diretrizes mais abrangentes que impactam transversalmente os vetores econômicos: melhoria da educação básica; capacitação técnica, geração e difusão de conhecimento e inovação; aprimoramento da infraestrutura - utilidades, comunicações e logística; e desenvolvimento social – políticas públicas dirigidas especialmente para a juventude, mulheres e comunidades tradicionais.

Atores do setor público e privado foram envolvidos na construção participativa do PDES-VR, assim como demais secretarias estaduais, como a Secretaria de Infraestrutura e Meio Ambiente (Sima), Agricultura e Abastecimento (SAA), Turismo (Setur) e Desenvolvimento Regional (SDR).

Mais informações sobre o evento de hoje estão disponíveis aqui.