Pgina inicial do IPT  >  Ensino / Cursos  >  Solues  >   Dissertaes

Ps-graduao IPT


Dissertaes


compartilhe

Mtodo para identificao de desperdcio no processo de desenvolvimento de software em equipes geis utilizando Lean


por Bufon, Mrcio Trovo


Estatistcas

Visitas: 278
Downloads: 20


Orientao: LEAL, Adriano Galindo

Ano: 2018

 Desperdício em projetos de desenvolvimento de software é definido como tudo o que consome recursos de tempo, esforço, espaço e dinheiro sem adicionar valor ao cliente. Os métodos e técnicas de identificação de indicadores de desperdício são específicos a cada projeto, aplicados em parte do total de iterações e das fases do processo de desenvolvimento e consomem tempo e esforço de analistas e desenvolvedores que os executam. Assim, esta pesquisa tem por objetivo propor um método para identificação de desperdício no processo de desenvolvimento de software em equipes ágeis, a partir dos dados gerados pela ferramenta JIRA que suporta as atividades de planejamento, gerenciamento e controle de processos de desenvolvimento de software. A partir da revisão bibliográfica são definidos: (i) os indicadores para os tipos de desperdício de acordo com os princípios Lean de desenvolvimento de software; (ii) atributos, operadores, palavras chaves, funções e relatórios do JIRA relacionados a esses indicadores. No método proposto são definidos os requisitos que estabelecem a relação semântica entre as variáveis e fórmulas de cada indicador aos conjuntos de atributos, funções e de palavras chaves do JIRA e, a partir destes, são implementadas consultas em linguagem JQL que quantificam os indicadores. A validação do método é realizada em gráficos que exibem os resultados das consultas JQL classificados e agrupados por projeto, indicador e tipo de desperdício capturados da base de projetos de software de uma empresa do mercado financeiro no Brasil. Através da análise quantitativa dos resultados são sugeridas hipóteses para a ocorrência dos tipos de desperdícios observados.

Acesse: cassiopea.ipt.br/teses/2018_EC_Marcio_Bufon.pdf