Pgina inicial do IPT  >  Ensino / Cursos  >  Solues  >   Dissertaes

Ps-graduao IPT


Dissertaes


compartilhe

Revestimento externo com isolante trmico - EIFS: consideraes sobre desempenho estrtural na fase de projetos


por TEIXEIRA, Evania Sabar Leite


Estatistcas

Visitas: 137
Downloads: 13


Orientao: OLIVEIRA, Luciana Alves de

Ano: 2019

 Na Alemanha, em meados da década de 40, iniciou-se o uso de um revestimento externo com isolante térmico com a finalidade principal de melhorar o desempenho térmico das edificações. Seu uso se espalhou pelos países da Europa e pelos Estados Unidos. Apesar de conhecido, esse revestimento passou a ser utilizado nas regiões Sul e Sudeste do Brasil a aproximadamente uma década, apresentando potencial para seu uso nas demais regiões. O Exterior Insulation and Finish Systems - EIFS, ou seja, Sistemas de Isolamento e Acabamento Exterior, assim denominado nos EUA, é um revestimento externo multicamadas, executado prioritariamente sobre substratos pesados. Uma vez que sua principal função é o desempenho térmico, os estudos nesse campo são mais frequentes; porém, é indispensável avaliar seu desempenho estrutural, garantindo a segurança em uso. Principalmente as ações higrotérmicas são prejudiciais a esse revestimento, pois interferem negativamente na capacidade de aderência entre suas camadas. A estabilidade do revestimento é influenciada por diversos fatores, dos quais os principais são o seu comportamento mecânico, a aderência do revestimento ao substrato, as características geométricas e as propriedades físicas do isolante térmico. Nesse sentido, apresenta-se neste trabalho informações sistematizadas sobre o desempenho estrutural de revestimento externo com isolante térmico - EIFS, do tipo aderido com fixações mecânicas suplementares, sem barreiras permeáveis ao vapor. Essas informações subsidiarão o desenvolvimento de projetos e futuras avaliações técnicas do sistema. O método de pesquisa para o desenvolvimento do trabalho consistiu em: pesquisa bibliográfica; revisão documental em catálogos de fabricantes e fornecedores; estudos de casos em duas obras na fase de execução do revestimento; e entrevista com dois engenheiros, sendo cada um deles representante de distintas empresas de revestimento. Concluiu-se que, se existir um crescimento do uso do EIFS no Brasil, é necessário que diversos estudos ainda sejam realizados, visando o estabelecimento de parâmetros técnicos que subsidiem a elaboração de normas e regulamentações técnicas brasileiras específicas. Pelo acompanhamento dos processos de execução do EIFS nos estudos de casos, ficou evidente que ainda se dá demasiada falta de conhecimento teórico e prático, tanto por parte dos fornecedores, projetistas, quanto pelas construtoras. Do ponto de vista de desempenho estrutural, devem ser determinadas e verificadas as principais tensões que ocorrem no substrato, no adesivo, no isolante e no conjunto placa de isolante-adesivo, considerando-se que o substrato e o revestimento devam resistir a tensões como os choques térmicos. O tipo e o modo de aplicação do adesivo também influenciam na resistência. Além disso, a estabilidade também é influenciada pela qualidade do adesivo, que se rompe quando sujeito a tensões de cisalhamento geradas por deformações térmicas.

Acesse: cassiopea.ipt.br/teses/2019_HAB_Evania_Final.pdf