Pgina inicial do IPT   >   Publicaes   >   Publicaes tcnicas   >  Apresentações e Posters

compartilhe

Planejamento participativo do turismo e sua contribuio para o desenvolvimento econmico sustentvel: a experincia no Vale do Ribeira


Priscilla Moreira Argentin; Priscila Ikematsu; Marsis Cabral Junior


Resumo:

O Vale do Ribeira é um dos territórios de maior riqueza socioambiental do Estado de São Paulo, porém é uma das regiões mais vulneráveis do ponto de vista socioeconômico, o que motivou a elaboração de um Plano de Desenvolvimento Econômico Sustentável. Esse plano foi desenvolvido com base em três vetores de desenvolvimento econômico: turismo, mineração e produção rural, com destaque também para a questão ambiental. Neste artigo retratamos o processo de construção participativa com vistas ao desenvolvimento regional do turismo no Vale do Ribeira, realizada em quatro etapas: 1) Identificação de atores e parceiros;
2) Realização de oficina; 3) Realização de um Fórum de Turismo; 4) Elaboração do Programa de Desenvolvimento e Estruturação do Turismo no Vale do Ribeira. Os principais momentos de participação popular foram a oficina e o fórum que, devido a pandemia de Covid19, tiveram que ser realizados de forma online, fato que propiciou o envolvimento de muitas pessoas, pois não precisavam se deslocar, porém limitou a participação dos que não possuíam acesso a internet. Os eventos contaram com a participação de mais de cem pessoas, que contribuíram com seus conhecimentos, opiniões e necessidades, relacionadas ao diagnóstico da situação atual do turismo no Vale do Ribeira e também para a formulação de ações para a dinamização das atividades turísticas, visando a melhoria da qualidade de vida da população local, de acordo com a visão de futuro apontada pelos próprios participantes dos eventos. Entre os principais resultados, temos que a maioria acredita que a pandemia pode ser uma oportunidade para atrair turistas para o Vale do Ribeira, uma vez que a região se encontra próximo de São Paulo e Curitiba, grandes centros emissores de turistas, e possui uma importante gama e variedade de atrativos, muitos deles relacionados à natureza e que podem ser visitados sem aglomerações. Com o incremento das atividades turísticas, a maioria dos participantes considera que a sua qualidade de vida será impactada positivamente, sendo que 42 % citaram a possibilidade de melhorias econômicas, com mais empregos e aumento da renda. Entre os principais desafios apontados para o desenvolvimento do setor na região
estão: infraestrutura dos atrativos, capacitação de mão de obra, engajamento do poder público, falta de incentivos fiscais, poucas ações de promoção e divulgação, má conservação das estradas e falta de sinal de internet. As principais oportunidades estão relacionadas ao grande número de atrativos naturais, histórico-culturais, pedagógico-educacionais, religiosos, produtos típicos, localização estratégica e características naturais regionais favoráveis. No entanto, há urgente necessidade de ações voltadas à estruturação dos equipamentos, regionalização de atrativos, melhoria da acessibilidade e comunicação, sinalização e estratégias de divulgação e marketing para que o enorme potencial seja explorado da forma mais ampla possível. O diagnóstico do turismo, aliado ao processo participativo, permitiu estabelecer as principais referências para a concepção dos objetos estratégicos, além de contribuir para a definição de ações para o desenvolvimento da atividade, dando suporte ao Programa de Desenvolvimento e Estruturação do Turismo para o Vale do Ribeira.

Referência:
ARGENTIN, Priscilla Moreira; IKEMATSU, Priscila; CABRAL JUNIOR, Marsis. Planejamento participativo do turismo e sua contribuição para o desenvolvimento econômico sustentável: a experiência no Vale do Ribeira. In: SEMINÁRIO ANPTUR, RESILIÊNCIA E ENFRENTAMENTO DE CRISES NO TURISMO , 18., 2021, São Paulo. on-line. Palestra on-line e Resumo... 6 slides

Acesso aos slides da apresentação da Palestra on-line e Resumo em PDF, necessário se logar:
escriba.ipt.br/pdf/177516.pdf

 
Publicações técnicas